Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/07/2016 18:00

União atende governadores e vai ampliar prazo para pagamento do FCO

Campo Grande News

O governo Federal vai ampliar de seis para dez anos, o prazo de pagamento dos financiamentos com recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). O pedido feito por governadores do Centro-Oeste foi atendido hoje, durante reunião do Condel/Sudeco (Reunião do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste).

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou da reunião de hoje, em Brasília, junto com representantes dos demais estados da região. De acordo com o pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que preside o Condel, a mudança no prazo de pagamento vai vai facilitar a aquisição de maquinários e equipamentos para o setor pecuário e agroindustrial.

Ainda de acordo com ele, a mudança de seis para dez ano no prazo de pagamento, contribui para o desenvolvimento regional e geração de emprego e renda. "Garantimos que o setor produtivo e empresarial, que deseja investir em nosso país, possa fazê-lo da maneira mais rápida e ágil, cooperando para que o Brasil possa crescer o quanto antes e gerar emprego", ressaltou Helder.

Durante a reunião de hoje, o Condel propôs que o FDCO (Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste) contemple projetos do setor de saúde, o que era vedado pelas regras anteriores. Além disso, o encontro deliberou que a programação dos Fundos Regionais para 2016 incluirá assistência mínima global, com recursos do FDCO, a empreendimentos com investimentos totais projetados iguais ou superiores a R$ 20 milhões.

Para o superintendente da Sudeco, Cleber Ávila, esse é um momento de retomada de diálogo com as unidades federativas do Centro-Oeste. "As propostas aqui aprovadas são fundamentais para a retomada do desenvolvimento econômico da nossa região".

Ávila ressaltou ainda que a Sudeco tem procurado não somente prospectar boas propostas para a região, mas também trazer projetos que possam ingressar outros recursos para o desenvolvimento do Centro-Oeste. "No ano de 2014, nós aplicamos R$ 533 milhões e recebemos mais de R$ 1,3 bilhão. Já no ano de 2015, fizemos um trabalho mais estratégico com apoio dos estados, onde R$ 1,3 bilhão foi aplicado e nós conseguimos alavancar cerca de R$ 9,5 bilhões". (Com informações do Ministério da Integração)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)