Cassilândia, Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Últimas Notícias

24/02/2020 11:00

Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídio

Governo de MS

Em Mato Grosso do Sul, 133 grupos religiosos, de diferentes denominações, atualmente prestam assistência voluntária à população carcerária. Além de estar prevista na Lei de Execução Penal (LEP), estudos apontam que a experiência religiosa nas prisões colabora para o reequilíbrio das personalidades desajustadas, auxiliando na recuperação de vícios e depressões. Esse tipo de assistência tem se consolidado como um dos principais pilares da ressocialização de pessoas em situação de cárcere no estado.

Para a Assistente Social da Divisão de Promoção Social da Agepen, Marinês Savoia, as instituições religiosas são grandes parceiras do sistema carcerário do Estado. Além da pastoral, palestras e direção espiritual, elas promovem campanhas de agasalho e ajudam nos cursos capacitação. “O preso não deixa de existir porque está privado de liberdade”, atesta. A religião, segundo ela, vem suprir a falta de uma estrutura familiar, já que a maioria dos internos vem de lares problemáticos e com marcada ausência de afeto e cuidados. “Nossa intenção é devolver o apenado à sociedade melhor do que ele entrou”,conclui Marinês.

Recentemente o Centro de Triagem “Anísio Lima”, na capital promoveu o “Dia do Louvor”, com orações, músicas e a participação de quatro instituições religiosas: Igreja Assembleia de Deus Missões, Assembleia de Deus MS, Igreja Trindade de Deus e Igreja Universal do Reino de Deus. A cerimônia foi realizada dentro do próprio pavilhão. Durante o evento, os internos expressaram a fé de maneira democrática e com respeito a todas as crenças, além de proporcionar um ambiente de paz e harmonia entre os internos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 03 de Abril de 2020
Quinta, 02 de Abril de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)