Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/12/2003 07:44

TST: "Só se dá valor ao Judiciário no regime de exceção"

TST

O presidente do TST, ministro Francisco Fausto, comentou hoje, em tom de desabafo, que o Poder Judiciário só é valorizado “quando falta liberdade e quando há violação dos direitos, ou seja, no regime de exceção”. Como exemplo, ele lembrou que, durante o regime militar, quando atuava como juiz em Pernambuco , a Justiça do Trabalho era um fórum de exercício de cidadania para o trabalhador brasileiro.

Apesar das “mazelas” registradas pontualmente dentro do Judiciário, Fausto ressaltou que a imparcialidade do juiz, seja em qualquer regime, mesmo o de exceção, sempre foi preservada. “Há mazelas, sim, muitas mazelas”, admitiu. “Agora mesmo, estamos com um problema em São Paulo, que é uma nódoa no Poder Judiciário", disse em referência às denúncias de irregularidades praticadas pelo juiz federal Rocha Matos.

Para Francisco Fausto, entretanto, esse fato não compromete o Poder Judiciário como um todo. “Temos mazelas também na polícia, nas Forças Armadas, na Igreja., em todas as áreas e não apenas no Judiciário, mas também no Executivo e no Legislativo", disse. Elas são falhas da natureza humana, concluiu o presidente do TST, que passa as festas de final de ano junto aos seus familiares na capital potiguar.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)