Cassilândia, Quarta-feira, 01 de Março de 2017

Últimas Notícias

28/03/2005 15:39

TRT quer garantir agilidade em processos da 1ª instância

Jacqueline Lopes / Campo Grande News

O TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho em Mato Grosso do Sul), através de uma comissão, deverá inspecionar a agilidade da justiça trabalhista na primeira instância. Segundo informações da assessoria do órgão, num prazo de 60 dias estará pronto um diagnóstico das atividades judiciárias e administrativas das varas do trabalho de Campo Grande e das seções de mandados judiciais e de distribuição de feitos.
A chamada “Comissão de Trabalho” terá livre acesso às unidades que serão analisadas e poderá requisitar cópias de documentos, livros e ainda entrevistar juízes e servidores, na busca de informações mais detalhadas sobre o funcionamento desses setores.
Segundo a Diretora-Geral de Corregedoria e Coordenação Judiciária, Ana Paola Emanuelli, a intenção é detectar a existência de obstáculos em todas as áreas de atuação da Justiça do Trabalho do Estado. “Constatado o problema, iremos estudar soluções que visem ao aperfeiçoamento dos procedimentos administrativos e judiciais”.
De acordo com o presidente do TRT/MS, Juiz Nicanor de Araújo Lima, a medida vem atender à necessidade de proporcionar maior qualidade nos serviços prestados aos jurisdicionados. O projeto prevê a implantação da Comissão de Trabalho nas comarcas do interior.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 01 de Março de 2017
Terça, 28 de Fevereiro de 2017
Segunda, 27 de Fevereiro de 2017
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)