Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/08/2011 21:10

Tribunal de Contas suspende repasses de recursos para Cespe aplicar o Enem

Luana Lourenço, Agência Brasil

Brasília - O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou hoje (17) uma medida cautelar para suspender o pagamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) à Fundação Universidade de Brasília, ligada ao Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe-UnB), contratado sem licitação para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No último dia 10, o Inep publicou no Diário Oficial da União o extrato da dispensa de licitação no valor de R$ 372,4 milhões para fazer as edições do Enem nos próximos 12 meses. O valor é considerado um “teto estimado” e deve custear pelo menos duas edições da prova, a próxima, marcada para os dias 22 e 23 de outubro e a do primeiro semestre de 2012, prevista para os dias 28 e 29 de abril.

O TCU questiona o aumento de valores em relação ao contrato anterior, também firmado com o Cespe, de R$ 128,5 milhões. “Os valores quase triplicaram em comparação àqueles despendidos no exercício anterior, chegando à cifra de R$ 372 milhões, sem que fosse demonstrada a compatibilidade dos preços contratados com os de mercado”, disse o ministro José Jorge no despacho.

O TCU deu prazo de dez dias para que o Inep apresente informações que justifiquem o acréscimo no custo do exame. A suspensão dos repasses vale até que o tribunal se manifeste sobre a adequação dos valores envolvidos na contratação.

O Inep informou que não vai se pronunciar sobre a decisão do TCU.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)