Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/08/2015 15:00

Treze cidades de MS perdem moradores; confira a campeã de crescimento

Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, 13 dos 79 municípios continuam perdendo moradores, conforme as estimativas das populações residentes, divulgadas nesta sexta-feira (28), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Entre as 65 cidades que ganharam novos moradores, a campeã na taxa de crescimento é Sidrolândia, com 3,3% ao ano. Campo Grande superou a barreira de 850 mil, mas ainda continua longe de atingir 1 milhão de habitantes.

O Brasil cresceu 0,87% no ano passado e atingiu 204,5 milhões de habitantes. Mato Grosso do Sul cresceu 1,3% e soma 2.651.235 moradores, a 21ª maior população entre as 27 unidades da federação.

Já Campo Grande, com crescimento 1,25%, somou 853.621 moradores em julho deste ano, a 16ª maior população entre as capitais.

O maior crescimento populacional registrado em Mato Grosso do Sul foi de 3,30%, registrado em Sidrolândia, a 71 quilômetros da Capital e com 51.355 moradores. Impulsionada pelo agronegócio, novos assentamentos e indústrias, a cidade vem mantendo o ritmo de crescimento no Estado.

A segunda maior taxa de crescimento, de 3,063%, foi registrada em Chapadão do Sul, com 22.620 moradores e a 321 quilômetros de Campo Grande. A terceira maior, de 2,98%, foi registrada por Nova Alvorada do Sul (19.656 moradores). As outras maiores taxas foram registradas por Sonora, com 2,72% (19.914 hab), Figueirão, com 2,33% (3.012).

O município de Novo Horizonte de Sul, que surgiu a partir de assentamento realizado nos anos 80, continua em crise e tem uma taxa negativa de crescimento populacional de 3,06%. A cidade localizada a 329 quilômetros da Capital chegou a ter 4.932 moradores e hoje tem 4.306. Entre as 13 cidades com taxa negativa, as campeãs são Rio Negro (-0,78%), Guia Lopes da Laguna (-0,73%) e Pedro Gomes (-0,71%).

O curioso na divulgação da estimativa da população é que o município de Taquarussu, a 332 quilômetros de Campo Grande, teve taxa de crescimento zero e continua com 3.570 habitantes.

Cassilândia teve um crescimento de 0,3017% no período analisado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)