Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

25/10/2004 09:27

TRE julga improcedente ação de Zeca contra juíza

Maristela Brunetto/Campo Grande News

O corregedor regional eleitoral de Mato Grosso do Sul, desembargador João Carlos Brands Garcia, considerou improcedente representação formulada pelo governador Zeca do PT contra a juíza de Deodápolis, Marli Miyuki Nishimura.
Durante o período eleitoral, ela determinou a oficial de justiça que informasse o governador, que estava na cidade, que fazer caminhada naquele horário e local era proibido, o que acabou sendo classificado por Zeca como ditatorial.
Na representação, o governador questiona a proibição de caminhadas à noite em dias de semana e durante o dia aos finais de semana, classificando como determinação contrária a preceito constitucional. A intenção era conseguir medidas para afastar o suposto abuso e contra nota divulgada pela juíza em decorrência das declarações de Zeca.
Foi feita transcrição de declarações do governador – que classificou que a juíza agia “com imaturidade, extrapolando e exorbitando seu papel. Ela não manda em tudo”. Diante destas declarações, o Ministério Público Eleitoral considerou a nota da juíza, lida em emissora de rádio local, como esclarecimento, o que também foi considerado pelo corregedor. Ele argumentou não haver abusos ou ofensas ao governador. Garcia determinou o arquivamento da representação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017
20:33
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)