Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/04/2007 08:30

Trabalho aprova punição para uso pessoal de publicidade

Agência Câmara

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal aprovou o substitutivo do relator, deputado Mauro Nazif (PSB-RO), ao Projeto de Lei 6410/05, do Senado Federal, que tipifica como ato de improbidade administrativa e crime de responsabilidade a utilização da publicidade oficial para promoção pessoal.

O substitutivo inclui os projetos apensados - PL 5621/05, do ex-deputado Humberto Michilles (PL/AM), e PL 3981/04, do deputado Chico Alencar (Psol-RJ), que têm teor assemelhado. Os textos alteram a Lei de Improbidade (Lei 8429/92); a Lei 1079/50, que define os crimes de responsabilidade; e o Decreto-Lei 201/67, que trata da responsabilidade dos prefeitos e vereadores.

O parlamentar explica que seu substitutivo acatou as contribuições de todas as proposições sob análise e aperfeiçoou a técnica legislativa.

Uso eleitoral
De acordo com o relator, a impessoalidade é um dos princípios constitucionais a que a Administração Pública está submetida. Segundo a Constituição, esse princípio é estendido aos agentes públicos. Para ele, não é fato isolado o uso indevido, por parte de agentes públicos, da publicidade dos serviços prestados pelo Estado, associando o seu nome ao programa executado, principalmente em época eleitoral.

Tramitação
Os projetos, que tramitam em regime de prioridade, serão analisados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e, depois, votados em plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)