Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/02/2008 07:01

TJ concede progressão de regime em crime hediondo

TJGO

À unanimidade de votos, a Seção Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ) seguiu voto do relator, desembargador Aluízio Ataídes de Sousa, e deu provimento a embargos infringentes opostos por sentenciado que queria ter reconhecido seu direito a progressão de regime. Condenado por homicídio a 12 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado, pelo Júri Popular de Rubiataba, Carlos Donizeth de Almeida, após cumprir um sexto da pena e comprovar bom comportamento carcerário, requereu progressão para o regime semi-aberto.

Na ocasião, o juízo de primeira instância acatou o pedido, mas a decisão foi objeto de recurso pelo Ministério Público (MP), que alegou a impossibilidade de concessão do benefício ao condenado em razão da Lei 11.464/07 que subiu de 1/6 para 2/5 o tempo de cumprimento de pena necessário para progressão de regime nos casos de crime hediondo. O recurso foi provido pelo Tribunal de Justiça mas, inconformado, o sentenciado opôs embargos infringentes sob o fundamento de que aquela lei, que entrou em vigor após a data do crime, não o poderia alcançar.

Acatando as alegações de Carlos Donizeth, o desembargador Aluísio Ataídes mencionou farta jurisprudência para sustentar o entendimento de que a Lei 11.464/07 não poder retroagir, vez que estabeleceu critérios mais rígidos do que os anteriormente estabelecidos pela Lei de Execução Penal (LEP) vigente à época do fato. (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)