Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/11/2005 15:06

Técnicos da Receita Federal voltam ao trabalho

Mylena Fiori/ABr

Os técnicos da Receita Federal retornam ao trabalho na próxima segunda-feira (21), depois de quase 100 dias de greve. A decisão já estava tomada desde o dia 10 deste mês, depois que a Câmara dos Deputados incluiu na Medida Provisória 258, que criava a Receita Federal do Brasil, algumas reivindicações referentes à carreira da categoria.

Os técnicos aguardavam a apreciação da MP pelo Senado, o que deveria ocorrer até a meia-noite de ontem (18). Como a medida não foi votada e perdeu a eficácia, os técnicos anunciaram o retorno ao trabalho.

Em nota oficial, o presidente do Sindicato Nacional dos Técnicos da Receita Federal (Sindireceita), Paulo Antenor de Oliveira, ressalta que a categoria continuará "mobilizada" e vai acompanhar de perto os desdobramentos da derrubada da proposta de criação da chamada Super Receita.

"Continuaremos a lutar pelo fortalecimento da Administração Tributária e pelo reconhecimento dos Técnicos da Receita Federal, que são servidores de nível superior e não podem ser diminuídos a condição de auxiliares", diz Pereira na nota divulgada pelo sindicato.

De 26 de novembro e 01 de dezembro, técnicos da Receita Federal de todo o país se reunirão em São Paulo para avaliar os impactos da queda da MP 258 e as alternativas para fortalecimento da administração tributária no País.

Editada em 21 de julho, A MP 258 propunha a unificação dos serviços de arrecadação e fiscalização da Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda, e da Secretaria da Receita Previdenciária do Ministério da Previdência Social. Desde que a medida foi editada os técnicos manifestaram sua insatisfação e, no dia 19 de setembro, decidiram entrar em greve.

Os trabalhadores alegavam que a MP 258 acirrava os conflitos entre categorias funcionais, principalmente entre técnicos e fiscais, uma vez que não apresentava proposta adequada para a estrutura de cargos e carreiras da nova Instituição. Os técnicos conseguiram incluir algumas de suas reivindicações na MP aprovada pela Câmara dos Deputados e já haviam decidido retornar ao trabalho caso as mudanças fosse mantidas na votação pelo Senado.

O presidente do Sindireceita avalia que a não-aprovação da MP 258 revela a falta de planejamento para a estruturação de um órgão de grande importância para o país e destaca que todo o trabalho de discussão sobre a unificação do fisco terá que ser retomado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)