Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/12/2004 07:42

TCE encerra 2004 com 10 mil processos julgados

Fabiana Silvestre / Campo Grande News

Cada um dos sete conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) avaliou 1.462 processos, em média, ao longo deste ano, totalizando 10.239 processos dos órgãos jurisdicionados (Prefeituras, Câmaras Municipais, e órgãos estaduais. De acordo com balanço dos trabalhos divulgado há pouco pelo órgão, 8.911 processos passaram pelo Tribunal Pleno e 1.328 foram analisados pela 1ª e 2ª Câmara, respectivamente.
Segundo o presidente do TCE/MS, José Ancelmo dos Santos, a mudança para o novo prédio irá possibilitar em 2005 mais agilidade, já que além da nova estrutura os técnicos deverão dispor de novos computadores, interligando os órgãos internos da Corte Fiscal.
Em janeiro, os servidores entram em férias coletivas, retomando o atendimento em 1° de fevereiro. Nesse período, haverá plantão de atendimento no gabinete da presidência durante todo o mês de janeiro, das 13 às 17 horas, nos dias úteis. O objetivo, conforme o TCE, é atender principalmente os prefeitos e vereadores eleitos, que assumem o mandato em 1° de janeiro de 2005, para tirar dúvidas e mostrar a real situação das contas públicas dos seus respectivos municípios.
A primeira sessão do Tribunal Pleno e Câmaras está marcada para dia 15 de janeiro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)