Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/05/2005 08:01

TCE cria software próprio para gerenciar patrimônio

Luiz Junot

A Assessoria de Informática do Tribunal de Contas do Estado criou e colocou em prática a partir dessa segunda-feira (16.05), um novo software aberto para gerenciamento de patrimônio, requisição e controle de consumo de material. De acordo com o diretor de Administração e Finanças, Alexandre Brandes “além de gerar economia com gasto de papel, o novo sistema vai agilizar as solicitações de material, em tempo real, bem como, permite um controle maior do estoque e nos gastos”.
Brandes informou que o novo sistema foi desenvolvido objetivando atender as necessidades de todos os setores do Tribunal, contendo em sua relação de produtos desde um lápis até material de reposição como cartuchos para impressoras, entre outros mais sofisticados. “O sistema é bastante simples, em cada setor um servidor foi cadastrado com sua matrícula e senha. Basta preencher em seu próprio computador a lista de requisição de material, e o chefe autenticá-la. Para isso, cada responsável pelo seu setor recebeu um CD Card, que é a chave para autenticação. Em tempo real, essa solicitação é recebida na Divisão de Coordenação Auxiliar (DCA), onde o material poderá ser retirado logo em seguida”.
Segundo Leandro Saran, da Assessoria de Informática e responsável pelo desenvolvimento do sistema, ao preencher a requisição o funcionário verifica na tela do computador o estoque existente, a requisição só é preenchida quando o produto constar no estoque. Além disso, com o controle de consumo médio, o setor de compras através de um relatório on line pode estabelecer a sua programação físico-financeira com mais tranqüilidade.
Saran informou que como o programa utiliza o sistema aberto, este pode ser usado com qualquer software – Microsoft; Linux ou Macintosh. Ele explica que na linguagem utilizada na informática, o sistema aberto significa que é gratuito, ou seja, não há necessidade de se pagar royalty já que o programa não utiliza qualquer base dos softwares conhecidos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)