Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2005 06:39

Taquari: Ibama multa proprietários em R$ 6 milhões

Aline Rocha/Campo Grande News

Pelo menos 70 donos de propriedades localizadas às margens do rio Coxim foram autuados em R$ 6 milhões pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) por negligência e degradação do ambiente no local. Segundo o chefe de fiscalização do Ibama, Erivaldo Correa da Silva, a operação de fiscalização durou até agora quatro semanas com seis técnicos atuando.
Essas ações acontecem com recursos do governo federal e foi realizada no rio Camapuã e Vermelho e Coxim, que é o maior da bacia e que, segundo informações do Ibama, é maior causador do assoreamento do rio Taquari. De acordo com Silva, o Ibama ainda deve continuar as fiscalizações. “A intenção é combater a degradação em toda a bacia que forma o Rio Taquari”, diz.
Segundo o chefe de fiscalização, ainda tem diversos rios e áreas a serem visitados, até agora os técnicos vistoriaram só 20% da bacia. Os proprietários multados tem prazo de 20 dias para defesa. Caso corrija o problema ambiental e comprove junto ao Ibama ele pode ter desconto de 90% na multa. Esta foi a 4ª semana de operação, depois de Coxim eles seguem para o Alto Taquari.
A Bacia Hidrográfica do Rio Taquari esta situada na região norte do estado do Mato Grosso do Sul , é classificada como a Sub-bacia do rio Taquari que faz parte a Bacia do Rio Paraguai, integrada pelo curso principal e afluentes de extensão de mais de 800 Km de extensão e área física que totaliza aproximadamente 80 mil Km2 , responsável pela formação do leque aluvial do Taquari, o que corresponde a 30% da área do Pantanal-Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)