Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

15/06/2005 06:39

Taquari: Ibama multa proprietários em R$ 6 milhões

Aline Rocha/Campo Grande News

Pelo menos 70 donos de propriedades localizadas às margens do rio Coxim foram autuados em R$ 6 milhões pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) por negligência e degradação do ambiente no local. Segundo o chefe de fiscalização do Ibama, Erivaldo Correa da Silva, a operação de fiscalização durou até agora quatro semanas com seis técnicos atuando.
Essas ações acontecem com recursos do governo federal e foi realizada no rio Camapuã e Vermelho e Coxim, que é o maior da bacia e que, segundo informações do Ibama, é maior causador do assoreamento do rio Taquari. De acordo com Silva, o Ibama ainda deve continuar as fiscalizações. “A intenção é combater a degradação em toda a bacia que forma o Rio Taquari”, diz.
Segundo o chefe de fiscalização, ainda tem diversos rios e áreas a serem visitados, até agora os técnicos vistoriaram só 20% da bacia. Os proprietários multados tem prazo de 20 dias para defesa. Caso corrija o problema ambiental e comprove junto ao Ibama ele pode ter desconto de 90% na multa. Esta foi a 4ª semana de operação, depois de Coxim eles seguem para o Alto Taquari.
A Bacia Hidrográfica do Rio Taquari esta situada na região norte do estado do Mato Grosso do Sul , é classificada como a Sub-bacia do rio Taquari que faz parte a Bacia do Rio Paraguai, integrada pelo curso principal e afluentes de extensão de mais de 800 Km de extensão e área física que totaliza aproximadamente 80 mil Km2 , responsável pela formação do leque aluvial do Taquari, o que corresponde a 30% da área do Pantanal-Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)