Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/01/2007 10:03

STF acelera tramitação de adin contra pensão de Zeca

Maristela Brunetto - Campo Grande News

A ministra Ellen Gracie, presidente do STF (Supremo Tribunal federal), decidiu dar tramitação acelerada à adin (ação direta de inconstitucionalidade) protocolada pela OAB federal (Ordem dos Advogados do Brasil) para tentar derrubar a lei aprovada pela Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul que ressuscitou o pagamento de pensão a ex-governadores. Ela se baseou em lei que possibilita a votação direta no plenário, em poucos dias, sem análise antes do pedido de liminar.

O presidente da OAB/MS, Fábio Trad, recebeu hoje o despacho da ministra. A adin foi protocolada na segunda-feira, duas semanas após a entidade ser acionada pela diretoria de Mato Grosso do Sul. A ré na ação é Assembléia Legislativa.

Para Trad, a decisão que sair do julgamento vai abrir jurisprudência no País, uma vez que ainda não houve julgamento de nenhum caso assim após a reforma da Previdência. O julgamento anterior, de lei semelhante criada no Amapá, foi em 1996.

Entre os fundamentos da ação consta a violação à Constituição Federal, que não prevê competência para os legislativos estaduais e municipais criarem regras para a Previdência. A pensão vitalícia de Zeca não foi incluída no MS Prev, mas também não foi dito qual seria a fonte de pagamento, outro aspecto incluído como irregularidade.

Após a decisão, a ministra Ellen Gracie encaminha para análise e parecer da Procuradoria da República e da AGU (Advocacia Geral da União). Para Trad, o julgamento deve ocorrer ainda em fevereiro.

Na ação da OAB há pedido de liminar para suspender de imediato o primeiro pagamento ao ex-governador Zeca do PT, que seria o primeiro a não ter o privilégio. Como a tramitação será acelerada, haverá julgamento único, já com a sentença. O Estado paga pensão aos ex-governadores Pedro Pedrossian, Marcelo Miranda e Wilson Barbosa Martins e às viúvas de Ramez Tebet e Harry Amorim Costa. O valor é de R$ 22,1 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)