Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/02/2010 14:11

Sport cumpre promessa e entra com ação contra televisão

GE.net

O presidente do Sport, Sílvio Guimarães, fez a promessa antes mesmo de o Flamengo bater o Grêmio por 2 a 1, no início de dezembro, no Maracanã, e conquistar o título do Brasileirão 2009: processaria a todos aqueles que tratassem os cariocas como hexacampeões nacionais.

No final da tarde de quinta-feira, o clube pernambucano, que aos olhos da Confederação Brasileira de Futebol é o legítimo campeão nacional de 1987 - título que o Flamengo considera ser dele -, começou a cumprir a promessa e ingressou com uma ação cautelar na Justiça contra a TV Globo .

"Nós ingressamos com uma ação cautelar para que a Rede Globo seja obrigada a apresentar todo o material dos programas jornalísticos dela do período em que houve a definição do Campeonato Brasileiro do ano de 2009", confirmou o vice-presidente jurídico do Leão, Eduardo Carvalho, em entrevista à Rádio JC/CBN.

"Depois de examinarmos esse material e chegarmos a conclusão de que houve um prejuízo a imagem e a reputação do Sport e um prejuízo também material em função dos nossos contratos de publicidade, deveremos entrar com uma ação, essa sim indenizatória, e um pedido de reparação, pois pouco importa o que os mal informados falam sobre o título de 87. Uma coisa falsa não pode virar verdade", emendou.

O início da confusão: Em 1987, descontentes com o modo como a CBF organizava os campeonatos nacionais, os maiores clubes do país criaram o Clube dos 13 e organizaram um campeonato independente, dividido em módulos, a Copa União.

A Primeira Divisão, batizada de Módulo Verde, teve como campeão o Flamengo e vice o Internacional. A Segundona, Módulo Amarelo, terminou com o Sport como campeão e o Guarani vice.

Assim que os torneios terminaram, a CBF convocou os quatro clubes para realizarem um quadrangular final e definir quem seria, de fato, o campeão. Flamengo e Inter não concordaram e a entidade proclamou o clube pernambucano dono do título, decisão que foi referendada pela Justiça.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)