Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/02/2010 14:11

Sport cumpre promessa e entra com ação contra televisão

GE.net

O presidente do Sport, Sílvio Guimarães, fez a promessa antes mesmo de o Flamengo bater o Grêmio por 2 a 1, no início de dezembro, no Maracanã, e conquistar o título do Brasileirão 2009: processaria a todos aqueles que tratassem os cariocas como hexacampeões nacionais.

No final da tarde de quinta-feira, o clube pernambucano, que aos olhos da Confederação Brasileira de Futebol é o legítimo campeão nacional de 1987 - título que o Flamengo considera ser dele -, começou a cumprir a promessa e ingressou com uma ação cautelar na Justiça contra a TV Globo .

"Nós ingressamos com uma ação cautelar para que a Rede Globo seja obrigada a apresentar todo o material dos programas jornalísticos dela do período em que houve a definição do Campeonato Brasileiro do ano de 2009", confirmou o vice-presidente jurídico do Leão, Eduardo Carvalho, em entrevista à Rádio JC/CBN.

"Depois de examinarmos esse material e chegarmos a conclusão de que houve um prejuízo a imagem e a reputação do Sport e um prejuízo também material em função dos nossos contratos de publicidade, deveremos entrar com uma ação, essa sim indenizatória, e um pedido de reparação, pois pouco importa o que os mal informados falam sobre o título de 87. Uma coisa falsa não pode virar verdade", emendou.

O início da confusão: Em 1987, descontentes com o modo como a CBF organizava os campeonatos nacionais, os maiores clubes do país criaram o Clube dos 13 e organizaram um campeonato independente, dividido em módulos, a Copa União.

A Primeira Divisão, batizada de Módulo Verde, teve como campeão o Flamengo e vice o Internacional. A Segundona, Módulo Amarelo, terminou com o Sport como campeão e o Guarani vice.

Assim que os torneios terminaram, a CBF convocou os quatro clubes para realizarem um quadrangular final e definir quem seria, de fato, o campeão. Flamengo e Inter não concordaram e a entidade proclamou o clube pernambucano dono do título, decisão que foi referendada pela Justiça.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)