Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

10/10/2005 16:15

SP fecha entrada de carne de MS após foco de aftosa

Graciliano Rocha / Campo Grande News

A Secretaria de Agricultura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira a proibição a entrada de gado de cinco municípios do Mato Grosso do Sul depois da confirmação do foco de febre aftosa em Eldorado, no extremo sul do Estado, a 435 quilômetros de Campo Grande.

Além dos bovinos, também está vetada a entrada de carne processada e produtos de origem de carneiro, ovelha e cabrito, vindos dos municípios de Iguatemi, Mundo Novo, Itaquiraí, Japorã e Eldorado. A secretaria determinou ainda o deslocamento de 26 equipes para reforçar a fiscalização.

“São Paulo está livre da doença com vacinação há quase dez anos e exporta 69% da carne brasileira. Não podemos nos arriscar e fechar a divisa com Mato Grosso do Sul é necessário”, disse o secretário de Agricultura, Antonio Duarte Nogueira.

O secretário disse que está em estudo a antecipação da segunda fase da campanha de vacinação contra aftosa, marcada para 1º de novembro em São Paulo.

Depois da confirmação da doença em 140 animais, as autoridades sanitárias interditaram a propriedade e colheram material, que resultou na identificação do vírus tipo O. Todos os 582 animais da fazenda onde foi encontrado o foco da doença já foram sacrificados.

O ministério informou ainda que interditou a fazenda, inspecionou as propriedades rurais em um raio de 25 km e está investigando a origem do foco.

Além das ações já aplicadas, o ministério implantou postos de fiscalização e aplicação de medidas de biossegurança, com restrição do ingresso na propriedade, exceto aos profissionais e funcionários que trabalham no caso e inspeção clínica de todos os animais.

O ministério já comunicou a ocorrência da doença à OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) em Paris, ao Panaftosa (Centro Pan-Americano de Febre Aftosa), aos países vizinhos e aos países e blocos econômicos com os quais o Brasil mantém intercâmbio comercial.

(Com informações da Agência Estado e da Folha Online)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)