Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/10/2005 16:15

SP fecha entrada de carne de MS após foco de aftosa

Graciliano Rocha / Campo Grande News

A Secretaria de Agricultura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira a proibição a entrada de gado de cinco municípios do Mato Grosso do Sul depois da confirmação do foco de febre aftosa em Eldorado, no extremo sul do Estado, a 435 quilômetros de Campo Grande.

Além dos bovinos, também está vetada a entrada de carne processada e produtos de origem de carneiro, ovelha e cabrito, vindos dos municípios de Iguatemi, Mundo Novo, Itaquiraí, Japorã e Eldorado. A secretaria determinou ainda o deslocamento de 26 equipes para reforçar a fiscalização.

“São Paulo está livre da doença com vacinação há quase dez anos e exporta 69% da carne brasileira. Não podemos nos arriscar e fechar a divisa com Mato Grosso do Sul é necessário”, disse o secretário de Agricultura, Antonio Duarte Nogueira.

O secretário disse que está em estudo a antecipação da segunda fase da campanha de vacinação contra aftosa, marcada para 1º de novembro em São Paulo.

Depois da confirmação da doença em 140 animais, as autoridades sanitárias interditaram a propriedade e colheram material, que resultou na identificação do vírus tipo O. Todos os 582 animais da fazenda onde foi encontrado o foco da doença já foram sacrificados.

O ministério informou ainda que interditou a fazenda, inspecionou as propriedades rurais em um raio de 25 km e está investigando a origem do foco.

Além das ações já aplicadas, o ministério implantou postos de fiscalização e aplicação de medidas de biossegurança, com restrição do ingresso na propriedade, exceto aos profissionais e funcionários que trabalham no caso e inspeção clínica de todos os animais.

O ministério já comunicou a ocorrência da doença à OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) em Paris, ao Panaftosa (Centro Pan-Americano de Febre Aftosa), aos países vizinhos e aos países e blocos econômicos com os quais o Brasil mantém intercâmbio comercial.

(Com informações da Agência Estado e da Folha Online)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)