Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/11/2005 12:55

SP está irredutível na recusa ao boi de MS, diz Famasul

Fernanda Mathias / Campo Grande News

O presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito Filho, informou hoje que “o secretário de Agricultura de São Paulo está irredutível” quanto à suspensão do embargo imposto à carne com osso e animais em pé de Mato Grosso do Sul, o que contraria a IN (Instrução Normativa) de nº. 34, que liberou o trânsito de animais suscetíveis à febre aftosa de fora da área de risco de Mato Grosso do Sul e do Paraná para outras unidades da federação. “Mato Grosso do Sul continua sendo o pára-choque da defesa sanitária do país, e arcando com todos os prejuízos de um problema que é nacional”, disse Brito.

Ele participou ontem de um evento organizado pela Associação Comercial de São Paulo, e apresentou o trabalho realizado em Mato Grosso do Sul, no controle dos focos de febre aftosa, constatados em Eldorado e Japorã. Segundo Brito, o secretário de Agricultura de São Paulo, Duarte Nogueira foi enfático em dizer que não vai liberar a entrada de animais em pé e carne com osso. São Paulo recebe hoje 70% dos produtos do mercado bovino de Mato Grosso do Sul, sendo que 20% se destina ao mercado interno e 10% vão para outras praças. Participaram também do evento em Mato Grosso do Sul o presidente da Associação Comercial de Campo Grande Luis Fernando Buainain, e de Corumbá Ivam Marinho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)