Cassilândia, Domingo, 24 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

08/11/2005 12:55

SP está irredutível na recusa ao boi de MS, diz Famasul

Fernanda Mathias / Campo Grande News

O presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito Filho, informou hoje que “o secretário de Agricultura de São Paulo está irredutível” quanto à suspensão do embargo imposto à carne com osso e animais em pé de Mato Grosso do Sul, o que contraria a IN (Instrução Normativa) de nº. 34, que liberou o trânsito de animais suscetíveis à febre aftosa de fora da área de risco de Mato Grosso do Sul e do Paraná para outras unidades da federação. “Mato Grosso do Sul continua sendo o pára-choque da defesa sanitária do país, e arcando com todos os prejuízos de um problema que é nacional”, disse Brito.

Ele participou ontem de um evento organizado pela Associação Comercial de São Paulo, e apresentou o trabalho realizado em Mato Grosso do Sul, no controle dos focos de febre aftosa, constatados em Eldorado e Japorã. Segundo Brito, o secretário de Agricultura de São Paulo, Duarte Nogueira foi enfático em dizer que não vai liberar a entrada de animais em pé e carne com osso. São Paulo recebe hoje 70% dos produtos do mercado bovino de Mato Grosso do Sul, sendo que 20% se destina ao mercado interno e 10% vão para outras praças. Participaram também do evento em Mato Grosso do Sul o presidente da Associação Comercial de Campo Grande Luis Fernando Buainain, e de Corumbá Ivam Marinho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)