Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/07/2006 08:13

Sobrevida de pacientes com câncer de estômago é baixa

Agência Notisa

Segundo pesquisa realizada em Campinas, a probabilidade de sobrevivência dos pacientes é de apenas 32% após o primeiro ano. A sobrevida relativa é de 9% ao final de cinco anos e seu comportamento, ao longo do tempo, é semelhante nos dois sexos.

A incidência e a mortalidade do câncer de estômago declinaram bastante nos últimos 50 anos. Apesar disto, a doença representa ainda hoje a segunda causa de morte por câncer no mundo. Ela atinge, principalmente, pessoas de faixas etárias mais altas e os homens. Mesmo tendo havido um ligeiro aumento na sobrevida por esse câncer nos últimos anos, esta ainda é baixa. Dados europeus mostram que apenas 21% dos pacientes sobrevivem mais de cinco anos após o diagnóstico. Em Campinas, a taxa de sobrevida nesse período é de apenas 9%. Isso é o que mostram Maria Teresa Bustamante-Teixeira da Universidade Federal de Juiz de Fora e equipe em um estudo realizado no município.

De acordo com artigo publicado na edição de agosto de 2006 dos Cadernos de Saúde Pública, “no estudo, analisou-se a sobrevida dos pacientes com câncer gástrico do município de Campinas, diagnosticados entre os anos de 1991 e 1994, e compilados pelo Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP) de Campinas”. Durante este período, foram registrados 4.699 casos incidentes de câncer, sendo 414 de câncer de estômago.

Os pesquisadores observaram uma queda acentuada dos níveis de sobrevida dos pacientes com câncer de estômago no período logo após o diagnóstico. Após o primeiro ano, a probabilidade de sobrevivência desses pacientes foi de apenas 32%. “O comportamento da sobrevida, ao longo dos anos, foi semelhante nos dois sexos e ao final de cinco anos a sobrevida relativa foi de 9% para ambos. Entretanto, o risco relativo de morte dos homens comparado ao das mulheres foi maior, com valores estatisticamente significativos apenas na sobrevida após um ano”, afirmam no artigo.

Em relação à idade, o prognóstico foi melhor para os indivíduos entre 45 e 54 anos, com um risco relativo de morte de 0,66 e pior para aqueles com mais de 74 anos, com um risco relativo de morte de 1,36. Segundo a equipe, “é amplamente aceito que o mais importante fator prognóstico para a sobrevida por câncer de estômago é o estadiamento (classificação clinica e histopatológica da doença) do tumor ao diagnóstico, pois isto determina o tratamento, principalmente se este tumor é cirúrgico. Diferenças de sobrevida encontradas entre as diversas populações analisadas podem ser atribuídas a este fator. No caso de Campinas, o estádio do tumor ao diagnóstico se apresenta como um importante fator prognóstico”.

Nesse sentido, os especialistas afirmam, no artigo, que a melhor estratégia de controle desse tipo de tumor é a prevenção: “a redução da mortalidade e o aumento da sobrevida de câncer de estômago por meio da detecção precoce é limitada, devido ao alto custo da radiografia fotofluográfica e da gastroscopia subseqüente indicada para cerca de 10% dos indivíduos examinados, devendo ser indicada para as regiões de alto risco. A estratégia de controle desse tumor mais viável a longo prazo, e indicada para as regiões de menor risco, é a da prevenção primária, centrada principalmente no estímulo a uma dieta adequada”.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)