Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/07/2007 15:23

Sindicatos rurais do Bolsão reúnem-se em Paranaíba

Sato Comunicação

Sanidade, pauta fiscal, impostos estaduais e legislações que emperram a produção agrícola foram alguns dos temas debatidos entre os representantes dos Sindicatos Rurais de Paranaíba, Três Lagoas, Cassilândia Aparecida do Taboado, Inocência e Ribas do Rio Pardo que estiveram na 45ª Expopar.

A intenção da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), como lembrou seu presidente, Ademar Silva Junior, é interiorizar as ações da entidade e verificar as demandas dos produtores rurais in loco. “Também estamos levando algumas informações e prestando contas do que a Federação vem fazendo. Já conseguimos negociar com o governo do Estado a equiparação da Pauta Fiscal e o secretário já nos garantiu que os Conselhos do [Fundersul] serão reativados”, frisou o presidente.

Ademar destacou também as negociações salariais entre os representantes dos trabalhadores rurais e a classe produtora em Mato Grosso do Sul. Ele disse que são poucos os estados brasileiros com convenções coletivas de trabalho. “No último dia 30, pudemos negociar com os representantes dos trabalhadores rurais e definir os valores do salário mínimo, que passou de R$ 385 para R$ 404”.

Sanidade
Apesar da distância entre a região do Bolsão e a fronteira com o Paraguai, o presidente da FAMASUL lembrou que não são só os municípios localizados nessa faixa que sofrem com as restrições sanitárias do mercado internacional. “A pecuária já tem sanções econômicas há cinco anos, nos últimos três isso só vem piorando”, explicou.

Ademar elogiou as ações do governo do Estado e disse que os produtores rurais da região estão tomando todas as medidas exigidas pelas as a! utoridades nacionais e internacionais para a recuperação do status sanitário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)