Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/01/2007 17:51

Sindicatos e BB acertam detalhes do empréstimo

Paulo Fernandes/Campo Grande News

Após reunião com o governador André Puccinelli, sindicatos e associações dos servidores estaduais acertaram com representantes do Banco do Brasil, com a PGE (Procuradoria Geral do Estado) e com o secretário Mário Sérgio Lorenzetto (Fazenda) detalhes da operalização do empréstimo para o pagamento do salário de dezembro dos funcionários do Estado. O empréstimo que será feito individualmente a cada servidor dependerá de um convênio e de um decreto.

Para acertar outros detalhes com relação ao empréstimo, alguns representantes sindicais participarão de uma reunião amanhã, às 14 horas, na PGE, em Campo Grande. Em seguida, às 16 horas, os servidores voltarão a se encontrar, provavelmente na Adepol (Associação dos Delegados de Polícia Civil), para voltar a discutir o assunto e assinar o convênio com o Estado e o Banco do Brasil autorizando a contração do empréstimo em folha. A expectativa é de que o dinheiro referente ao salário (cujo montante é de R$ 135 milhões) seja depositado no próximo dia 30.

O presidente da Adepol (Associação dos Delegados da Polícia Civil), Marcelo Vargas, ressaltou que nenhum ônus será cobrado dos servidores. O governo pagará a tarifa de administração da conta e os juros de 1,83% cobrados pelo BB pela contração do empréstimo com o dinheiro que receberá pela renegociação da manutenção da conta-servidor. O BB ganhou mais um ano de contrato com o Executivo e deverá permanecer com a conta até 2011.

Por sua vez, o governo pagará o parcelamento em seis vezes, dinheiro que deverá ser creditado pelo governo nas contas dos servidores com os juros na data da cobrança pelo Banco do Brasil.

Após a assinatura do convênio e sua publicação no Diário Oficial, o governo terá também que publicar um decreto para permitir um aumento na margem de empréstimo para alguns servidores.

Ainda assim, segundo Marcelo Vargas, ficou acertado que os servidores terão que procurar individualmente o Banco do Brasil para aceitar o empréstimo-sálario. A intenção do banco é de criar mecanismos para evitar filas nos bancos como permitir essa operação através do telefone ou da internet. Esses detalhes ainda não estão definidos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)