Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2005 08:10

Sérgio Assis preocupado com a desnutrição infantil

Janaina Gaspar

Comentando o quadro de desnutrição das crianças das aldeias indígenas de Dourados o deputado estadual Sérgio Assis, afirmou que a atuação de projetos sociais como a Pastoral da Criança poderiam atenuar a situação. Segundo o parlamentar a multi-mistura serve como um importante método de combate à desnutrição infantil.
“Mas para que a multi-mistura chegue a todas as crianças do Estado, inclusive nas aldeias indígenas, é preciso fomentar parcerias entre o poder público e a Pastoral. Das 56 aldeias do estado a Pastoral atende 21, sendo que 2.746 crianças têm acesso a multi-mistura o que garante uma diminuição de 50% dos índices de desnutrição. Com as parcerias mais crianças seriam atendidas, além de gestantes e idosos”, argumentou.
Em 1997 Sérgio Assis articulou, quando era vereador, convênio entre a arquidiocese e a Prefeitura de Campo Grande para a atuação da Pastoral da Criança em todos os bairros da Capital. Ele também tem apoiado de forma intensiva a atuação da Pastoral da Criança, um segmento da Igreja Católica que atende as comunidades carentes fornecendo um suplemento alimentar altamente nutritivo e que é internacionalmente reconhecido no combate a desnutrição. Assis tem fomentado parcerias com prefeituras e já destacou recursos de emendas do Fundo de Investimento Social (FIS) para a aquisição de utensílios para o preparo da multimistura, o que garantiu que o farelo chegasse a todos os municípios onde a Pastoral atua.
Na semana passada foi divulgada em todo país a grave situação das crianças indígenas de Dourados, com casos agudos de desnutrição.
“O caso da criança de um ano e cinco meses pensando menos de cinco quilos, quando deveria estar pesando, segundo os médicos, cerca de 10 quilos me deixou muito preocupado. Não podemos admitir que isso aconteça em nosso Estado, precisamos mobilizar a sociedade civil organizada e todos os Poderes para que essas crianças parem de sofrer”, finalizou Assis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)