Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/01/2012 17:43

Sepultados em Santa Fé do Sul vítimas da queda do avião em Cáceres

Pantanal Notícias

Foram enterrados neste domingo (15), em Santa Fé do Sul, no interior de São Paulo, duas das três vítimas de um acidente aéreo neste sábado (14), em Cáceres, no Mato Grosso. O empresário Antonio Carlos Amaral, de 57 anos, e Vitório Pereira dos Santos, de 60, saíram da fazenda de Amaral em Pontes e Lacerda e seguiam para Santa Fé Do Sul.

Segundo informações, chovia muito e o empresário, que pilotava o avião, tentou fazer um pouso forçado. João Batista Paulo do Carmo, que era amigo de Antonio Carlos, também estava no avião e morreu.

Os velórios de Antônio Carlos e Vitório aconteceram no estádio municipal, que leva o nome do pai do empresário. Os corpos foram enterrados no Cemitério Municipal de Santa Fé Do Sul.

Antonio Carlos Lopes do Amaral era pecuarista e um dos maiores produtores de tilápia do estado de São Paulo. O empresário e os três filhos comandavam a engorda dos peixes, um frigorífico e uma fábrica de ração em Santa Fé do Sul, além de várias fazendas no Mato Grosso.

O avião foi encontrado pelo dono de uma fazenda que fica a aproximadamente 20 quilômetros de Cáceres, distante 250 quilômetros de Cuiabá. De acordo com o cabo da Polícia Militar, Benedito Fábio Rodrigues, o avião caiu em uma área alagada.

Nota da Redação: Antonio Carlos do Amaral era irmão da empresária Maridalva do Amaral Vignardi, proprietária da Rádio Difusora em Cáceres.

Veja a matéria sobre o acidente:



Avião cai e faz três vítimas fatais - Pantanal Notícias

O ex-presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, Antônio Carlos Lopes do Amaral, 60 anos, irmão da empresária Maridalva Amaral Vignardi, é uma das três vitimas fatais de um acidente com um avião de pequeno porte de prefixo PRRGF 7A36 que caiu na manhã de ontem, 14, no Sítio São Paulo,na comunidade São Francisco, a 20 quilômetros de Cáceres. Amaral era o proprietário do avião e estava pilotando. O acidente aconteceu às 8 horas da manhã. Com ele, morreram mais dois homens. Eles vinham de Pontes e Lacerda com destino a Santa Fé do Sul, interior Paulista.
Amaral foi deputado em MT entre 1987 e 1991, presidente Mesa Diretora de 1989 a1991 e presidiu a Assembléia Constituinte de 1989.Ele era engenheiro agrônomo e tinha fazenda em Pontes e Lacerda, onde mora um de seus três filhos, que desistiu de vir no avião na última hora. Segundo familiares, ele fazia a viagem com frequência e estava na fazenda desde quarta-feira.

Viajavam com ele um amigo de Santa Fé do Sul conhecido como Vitório Quarentão. O nome completo ainda não havia sido levantado pela Polícia Técnica, e o contador João Batista Paulo do Carmo, de 28 anos, de Pontes de Lacerda, conhecido como \"João do Alpha\". João estava indo para Santa Fé trabalhar com Amaral.
Sitiantes da região contaram que ouviram o avião ter três falhas no motor, em pouco espaço de tempo, e depois cair em parafuso, numa planície alagada com cerca de 30 centímetros de água. Pedaços dos corpos e das aeronaves ficaram espalhados num raio de 60 metros. Os peritos tiveram a ajuda dos sitiantes para juntar os pedaços dos corpos -membros, vísceras, dentes.
\"Visualmente é impossível o reconhecimento. Só mesmo através do DNA\"-explicaram
Amaral tem uma irmã em Cáceres, a empresária Maridalva Amaral Vignardi, proprietária de uma emissora de rádio. A família informou que o corpo dele e do amigo Vitório serão trasladados para Santa Fé do Sul de avião, amanhã de manhã. O corpo do contador será levado para Pontes e Lacerda.
Hoje, uma equipe do Departamento de Aviação Civil chega a Cáceres para começar a investigar a causa do acidente. Amaral deixa esposa e três filhos. João Batista era solteiro.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)