Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

11/08/2007 10:40

Sentença não proíbe serviço de mototáxi, afirma juiz

Marta Ferreira/Campo Grande News

Em nota à imprensa, o juiz da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Dorival Moreira dos Santos, faz esclarecimentos sobre a sentença dada no dia 07 de agosto, que considerou inconstitucional a lei que regulamentou, em 1997, o serviço de mototáxi em Campo Grande.
O magistrado explica, na nota, que “em nenhum instante a sentença mencionou qualquer alteração, restrição, impedimento, proibição, na atividade que vem sendo praticada pelos chamados mototaxistas”. De acordo com o juiz, a resposta negativa ao um pedido de mandado de segurança do sindicato dos profissionais foi por uma “simples razão: não sendo uma atividade profissional ainda regulamentada na forma prescrita na Constituição Federal, impossível essa impetração de forma coletiva sobre contratação de seguro por meio de sindicato”.
O mandado de segurança chegou a ter liminar concedida integralmente, impedindo o município de indicar a seguradora que deveria ser contratada pelos mototaxistas, e depois foi revogado e concedido parcialmente. Na sentença do dia 7, o juiz cancelou a decisão anterior, sob o argumento de que a lei é inconstitucional.

Crítica - Ao comentar a lei municipal de Campo Grande, Dorival Moreira dos Santos diz que, na linguagem popular, “foi a mesma coisa que colocar o carro na frente dos bois”. O juiz escreveu que “como até a presente data não há nenhuma legislação federal relativa a atividade de mototáxi, no entender do Juízo da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, o Município ao legislar nessa área cometeu a inconstitucionalidade citada na sentença.

É o mesmo entendimento que há havia sido expresso por julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal), referente ao serviço em Brasília.

Na prática, as decisões não impedem o funcionamento do serviço, como o juiz afirmou na nota, mas apenas consideram inconstitucionais as leis que o amparam.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)