Cassilândia, Domingo, 28 de Maio de 2017

Últimas Notícias

08/10/2009 07:15

Senado aprova acordo do Brasil com o Vaticano

Ivan Richard, Agência Brasil

Brasília - O plenário do Senado aprovou hoje (7) o projeto de decreto legislativo que oficializa o acordo entre o Brasil e a Santa Fé. O documento, assinado no ano passado, no Vaticano, trata do estatuto jurídico da Igreja Católica no Brasil. A matéria segue para promulgação. Antes, o acordo já havia sido aprovado pela Comissão de Relações Exteriores da Casa.

O relator da matéria, senador Fernando Collor (PTB-AL), ressaltou a importância do documento. “A Sé Apostólica mantém relacionamento diplomático com mais de 170 países, sejam laicos ou com outras distintas inclinações religiosas. Possui o status de observador em inúmeras organizações internacionais, como, por exemplo, a Organização das Nações Unidas (ONU), a Organização Mundial do Comércio (OMC) e a Organização dos Estados Americanos (OEA). É, ainda, membro fundador da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), outra organização internacional de relevo”, afirmou.

O senador Marconi Perillo (DEM-GO) disse que o acordo ratifica os vários entendimentos existentes entre o Brasil e o Estado do Vaticano. “Não estamos aqui tratando apenas a questão religiosa, mas estamos tratando efetivamente de uma questão que diz respeito à relação entre dois estados, o Estado do Vaticano e o Estado brasileiro”, disse.

Perillo explicou ainda que o documento é composto de 20 artigos que “consolidam uma série de disposições legais e consuetudinárias vigentes no plano do ordenamento jurídico interno, que constituem a expressão do relacionamento entre a Igreja Católica e o Estado brasileiro, ou seja, uma série de costumes que foram sendo incorporados nessa relação”, afirmou.

O senador petista, Tião Viana (AC) salientou que acordo é de interesse tanto para o Brasil como para a Igreja Católica. Viana acrescentou ainda que a aprovação da matéria poderá ser um incentivo a fim de que outras religiões também fechem um acordo com o Estado brasileiro.








Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
10:01
Cassilândia
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)