Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/05/2015 07:38

Sem reajuste, policiais prometem aquartelamento

Dourados Agora

 

O presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, enviou ofício ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), solicitando a reconsideração da proposta de reajuste com índice zero aos servidores militares. Ele deve chamar uma assembleia geral para a próxima semana e, caso não haja acordo, um novo aquartelamento pode ser desencadeado.

“Nada está descartado. O Governo insiste em não dar reajuste e, quando chamarmos assembleia, na próxima semana, vamos levar essa proposta. Quem decide é a tropa, que não aceita ficar sem reajuste em maio. A ACS vai encaminhar e respeitar a decisão”, afirmou Edmar, que se reuniu esta semana com o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis.

O Executivo alega que o aumento de maio foi antecipado para dezembro de 2014 e, por isso, não pretende corrigir os salários dos servidores na data base em 2015. As entidades representativas também não descartam judicializar o caso, já que parecer da PGE (Procuradoria-Geral do Estado) entende de outra forma a lei que fixou os subsídios dos servidores até dezembro de 2014.

“Temos um entendimento diferente da PGE, pois, no nosso caso, está especificado no texto da lei que os reajustes eram referentes aos exercícios de 2013 e 2014”, defendeu o presidente da ACS no documento encaminhado ao chefe do Executivo.

“Não existe 2015 na lei. Isso, que me perdoe o Procurador, é falácia. Não concordamos e vamos combater essa decisão. Acredito que está na hora de o governador receber as entidades, pois precisamos discutir isso pessoalmente”, completou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)