Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/04/2007 16:48

Sem incentivos fiscais, Margen demite 150 em Paranaíba

Humberto Marques/Campo Grande News

Menos de seis meses após retomar suas atividades em Paranaíba, a unidade do frigorífico Margen no município emitiu nesta quinta-feira (5 de abril) aviso prévio a todos os 154 trabalhadores que trabalhavam no setor de desossa. Lúcio Clei Rezende, presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Frigoríficos de Paranaíba, informou que a medida foi tomada devido à não concessão de incentivos fiscais pelo governo estadual à indústria.

O Margen de Paranaíba foi reaberto no dia 15 de setembro de 2006, após permanecer cerca de um ano fechado devido ao embargo à carne sul-mato-grossense, causados por conta dos focos de febre aftosa na região sul. A empresa também foi alvo de investigações da Polícia Federal. A retomada das operações, à época, foi efetuada por conta do compromisso do então governador Zeca do PT em conceder incentivos como abatimento de impostos.

Ao anunciarem o aviso prévio aos funcionários, a empresa comunicou que o apoio do governo acabou não se concretizando, conforme ressaltou Rezende. “O governo não cumpriu com seu compromisso. Com isso, o frigorífico fez as demissões”, disse o sindicalista.

Inicialmente, segundo ele, o Margen havia contratado 300 pessoas, com a perspectiva de efetuar abates e desossa. Sem os incentivos, em um primeiro momento, não foi possível voltar a abater, e 150 trabalhadores acabaram desligados. A unidade atuava apenas na desossa de carnes vindas de outras praças, como de Mato Grosso, operação que não seria considerada lucrativa pela empresa, de acordo com o relato do sindicalista.

Rezende informou que na manhã da próxima segunda-feira (9) os trabalhadores demitidos irão participar de uma assembléia. “Vamos definir o que iremos fazer, se vamos emitir nota de repúdio ao governo ou buscar uma reunião com o governador, para pedir ajuda”, explicou o sindicalista, que veio a Campo Grande para procurar amparo da administração estadual.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)