Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2004 09:24

Segurança Pública será interligada

Carolina Pimentel / ABr

Os ministérios das Comunicações e Justiça estão elaborando uma rede nacional para interligar os bancos de dados dos agentes de segurança pública e justiça do país pela Internet. O sistema vai funcionar como mais um mecanismo de combate à criminalidade.

Segundo o ministério das Comunicações, o programa “Plataforma Nacional de Informação sobre Justiça e Segurança Pública” deve começar a funcionar no final de 2005. O gastos com o programa estão estimados em três bilhões de reais, provenientes do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel) e do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust).

O programa visa unir os bancos das delegacias de polícia, varas da justiça comum, presídios federais, cartórios e tribunais superiores e possibilitar o cruzamento de informações entre esses cadastros. Hoje, as polícias civis, militares, federais e rodoviárias federal operam com sistemas separados e incompatíveis.

Para colocar o programa em prática, o governo vai utilizar a infra-estrutura de outro projeto governamental, o Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac). O serviço possibilita que pessoas de classes mais baixas tenham acesso gratuito a sites do governo. O serviço já está disponível em 2.200 municípios com 3.200 pontos de acesso à Internet.

O plano de construção da infra-estrutura do programa deve ser concluído em outubro deste ano, segundo informou o ministério. Além de aproveitar o sistema do Gesac, os ministérios pretendem instalar mais 1.200 pontos de acesso à rede na área de segurança pública. Segundo o ministério, a rede nacional receberá anualmente R$ 300 milhões do Fust, por um período de dez anos, para sua implantação.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)