Cassilândia, Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

Últimas Notícias

23/11/2019 13:00

Secretaria de Agricultura fortalece ações de controle da raiva dos herbívoros

Governo de SP

 

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, por meio da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, é a executora do Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros (PECRH). Até o dia 10 de novembro deste ano, São Paulo contabilizou 181 casos positivos da doença em herbívoros (bovinos, bubalinos, equídeos, caprinos e ovinos), transmitida pelo morcego hematófago (que se alimenta de sangue).

A pasta, com a equipe de médicos veterinários e técnicos agrícolas, realiza o controle dos morcegos hematófagos da espécie Desmodus rotundus na zona rural e orienta o produtor sobre os riscos no manuseio do animal atacado pelo morcego.

Dados da coordenadoria mostram que, nos últimos cinco anos, foram confirmados no Estado 846 casos positivos, tendo sido realizadas 18.783 fiscalizações em abrigos artificiais (pontes, tubulações de rodovia, bueiros, casas e poços abandonados) e 2.540 fiscalizações em abrigos naturais (tocas, grutas, túneis, minas e ocos de árvores), totalizando 4.799 capturas e 37.772 exemplares capturados tratados com pasta vampiricidas e devolvidos à natureza.

Atualização

As informações foram apresentadas pelo médico veterinário Guilherme Shin Iwamoto Haga, responsável pelo PECRH, no XII Seminário de Vigilância e Controle da Raiva, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde e pelo Instituto Pasteur, de 5 a 7 de novembro, na cidade de Águas de Lindoia.

A ação teve o objetivo de promover a atualização técnica e científica dos profissionais que atuam na área de vigilância e controle da raiva tanto animal como humana em São Paulo.

Além dos profissionais da Defesa Agropecuária vinculados à atividade em diversas regiões do Estado, o evento reuniu profissionais e estudantes das áreas de saúde, meio ambiente, agricultura, vinculados à órgãos públicos, fundações e instituições de ensino e pesquisa, que atuam na área de vigilância e controle da raiva.

A secretaria tem como desafio para 2020/2021 reforçar as ações em educação sanitária visando atingir vários públicos e ampliar os trabalhos em conjunto com outros órgãos governamentais; realizar estudos para otimizar as ações das equipes de controle de raiva de herbívoros; treinar e capacitar as equipes, de modo a aumentar a difusão de conhecimento e formação de novas equipes.

Inspeção

Nas regiões com casos de mordeduras ou mesmo positivos para raiva são realizadas inspeções dos abrigos existentes e já cadastrados e, com o auxílio dos produtores rurais, é feita a inspeção de outros locais indicados, parca reduzir o número desses morcegos, evitando o ataque aos animais.

Sempre que há um diagnóstico positivo para raiva animal, uma equipe de controle é mobilizada para realizar a inspeção no local do foco e do perifoco (região delimitada de dez quilômetros da ocorrência).

Ao notar a ocorrência de ataque de morcegos nos animais do rebanho, o criador deve passar a pasta vampiricida ao redor da mordedura, como indicado pelo fabricante, vacinar todos os animais do rebanho e informar a Defesa Agropecuária.

Nesta semana, equipes de controle da raiva estão nas regiões de Sorocaba, Pindamonhangaba, Ribeirão Preto, Araçatuba e Bauru.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 09 de Dezembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Domingo, 08 de Dezembro de 2019
10:00
Receita do Dia
Sábado, 07 de Dezembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)