Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/10/2010 07:35

Saúde: Escovas de dente devem ser higienizadas todo o dia

Agência Notisa

A escova dental é um importante instrumento na manutenção da saúde bucal devido a sua eficiência e segurança na remoção do biofilme (conjunto de bactérias) da boca. Porém, pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba alertam para o risco do seu uso rotineiro sem a sua correta higienização.

Cibele Oliveira e colegas afirmam no estudo “Avaliação da eficácia da descontaminação de escovas dentárias pelo uso do spray de óleo essencial da eugenia uniflora l. (Pitanga)” – publicado ano passado na Brazilian Dental Science –, que a não higienização da escova a torna um meio adequado para a proliferação de fungos, vírus e bactérias. Com isso, ela acaba funcionando como uma fonte de reinfecção da cavidade bucal.

Os pesquisadores explicam que as escovas dentais devem ser sempre desinfetadas após o uso. Para isso, eles aconselham a utilização de soluções antissépticas como clorexidina, cloreto de cetilpiridínico, triclosan, hipoclorito de sódio e óleos essenciais.



O óleo essencial produzido a partir das folhas da pitanga (eugenia uniflora l) é um exemplo de solução que, segundo o estudo, possui propriedades que auxiliam significativamente na redução do número de bactérias na boca.



“Extratos obtidos das folhas da pitangueira vêm sendo utilizados na medicina popular em países como Brasil, Argentina e Paraguai, no tratamento de hipertensão, diabetes, colesterol, dificuldades de digestão, doenças hepáticas, amigdalite, distúrbios intestinais, reumatismo, gripe, além de apresentar princípios

antimicrobianos e antifúngicos”, dizem os autores.



Segundo eles, são esses princípios antimicrobianos que agem no controle da não proliferação de microrganismos envolvidos no processo de desenvolvimento da cárie dentária.



Os resultados do presente estudo, assim como os de outros, foram favoráveis ao uso da pitanga na desinfecção das escovas dentais, porém, segundo os pesquisadores, existem estudos que não comprovaram esse efeito antibacteriano. Por isso, eles consideram que uma pesquisa mais aprofundada dos efeitos do fruto sobre os microorganismos da cavidade bucal seja feita antes de introduzi-lo no contexto odontológico.



Para ver o artigo na íntegra, acesse: http://www.fosjc.unesp.br/cob/artigos/v12n2_05.pdf





Agência Notisa (science journalism – jornalismo científico

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)