Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/10/2010 14:43

Saúde de mineiros será prioridade em resgate no Chile

Lisiane Wandscheer, Agência Brasil

Brasília - O cuidado com a saúde será prioridade no resgate dos 33 mineiros soterrados na Mina de San José, no Deserto do Atacama, no Norte do Chile. O revestimento do túnel por onde os trabalhadores serão resgatados foi concluído na madrugada de hoje (11). Segundo o ministro chileno de Saúde, Jaime Mañalich, o túnel não é totalmente reto o que pode gerar trepidações na hora da retirada das pessoas.

“A sensação dos mineiros poderá ser pior que de uma montanha-russa, pois além de ser muito rápido terá oscilações, trepidações, ar rarefeito, mudança de temperatura”, disse o ministro.

Os trabalhadores sairão por uma cápsula que será içada por uma grua. Para ajudar no resgate, primeiramente descerão um operador e um médico que avaliará o estado de saúde das pessoas.

No primeiro grupo estarão quatro pessoas consideradas com melhor estado de saúde e mais ágeis. A ideia é que essas pessoas tenham mais capacidade de reagir a qualquer imprevisto.

No segundo momento, sairão os doentes, diabéticos, hipertensos, com problemas avançados de pele e cardíacos. “É óbvio que quem deveria estar no primeiro grupo seriam os doentes, mas eles não podem ser cobaias”, destacou.

No terceiro grupo estarão novamente as pessoas em melhores condições físicas que sairão por último da mina para ajudar na retirada dos doentes. Segundo o ministro, essa é uma operação inédita no mundo. “Isso nunca aconteceu no Chile ou em qualquer parte do mundo. Esse é o maior resgate da história da mineração”, afirmou.

O resgate dos 33 mineiros está influenciando até a economia das cidades próximas que estão superlotadas. Copiacó (a 42 quilômetros (km) da jazida), Baia Inglesa (a 22 km) e Caldera (a 20 km) não têm mais vagas em hotéis, motéis e nem trailers ou carros para alugar.

No local da mina, 2 mil pessoas permanecem acampadas. Dessas, 400 são parentes, há mais de mil jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas, além de técnicos que trabalham no resgate e voluntários para ajuda no salvamento.

*Colaborou Adriana Nasser, enviada especial da TV Brasil.

Edição: Talita Cavalcante

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)