Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2009 13:57

Sarney defende combate a maus parlamentares

Marcos Chagas, Agência Brasil

Brasília - Um dia após ir à tribuna do Senado para rebater a série de denúncias de irregularidades administrativas desde que assumiu a presidência da Casa pela terceira vez, José Sarney (PMDB-AP) disse que é dever de deputados e senadores combater os “maus parlamentares”.

Num discurso, na solenidade que lançou a campanha institucional O Congresso Faz Parte da sua História, ele afirmou que cabe aos parlamentares corrigir os erros praticados.

Entre as denúncias está a assinatura, ainda na gestão do ex-diretor-geral Agaciel Maia, de uma série de medidas administrativas não publicadas. Entre esses atos secretos, a imprensa tem mostrado contratações de parentes do presidente do Senado.

“Nossa função é responder a isso e procurar de toda maneira que nós, nesses novos tempos, tenhamos condições de corrigir todos os erros e fazer com que o povo não olhe o parlamento pelos seus defeitos. Nossos valores não podem ser julgados pela imperfeição do exercício, dos valores morais e dos valores do parlamento que são feitos muitas vezes por maus parlamentares a quem devemos combater.”

No discurso, José Sarney fez um longo retrospecto da história do parlamento brasileiro para demonstrar a importância das pessoas políticas nos avanços da sociedade. Lembrou que benefícios concedidos a parlamentares, hoje considerados regalias, como o auxílio-moradia, entre outros, foram criados para que os parlamentares tivessem maior independência.

“Isso não foi feito para usufruir vantagens, mas para que o parlamentar tivesse maior independência e pudesse ser livre na opinião do seu voto”, ressaltou o presidente.

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), que participou da cerimônia, também fez referências às frequentes críticas da sociedade ao Legislativo. Segundo ele, por ser dos três Poderes – o que está mais suscetível a interferência e participação popular – é natural que o Congresso seja o mais criticado.

Temer defendeu a divulgação, pela imprensa, do que é feito no Congresso. Para ele, esta é a melhor forma de se fortalecer a instituição e, neste sentido, destacou o papel do Congresso como o Poder garantidor da democracia. “Não há crítica à crítica que se faz, mas faço uma constatação: estamos em absoluta normalidade democrática. Não falo de seus membros, mas da instituição que é fundamental na democracia e daí a importância de se divulgar o que se faz”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)