Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/06/2009 13:57

Sarney defende combate a maus parlamentares

Marcos Chagas, Agência Brasil

Brasília - Um dia após ir à tribuna do Senado para rebater a série de denúncias de irregularidades administrativas desde que assumiu a presidência da Casa pela terceira vez, José Sarney (PMDB-AP) disse que é dever de deputados e senadores combater os “maus parlamentares”.

Num discurso, na solenidade que lançou a campanha institucional O Congresso Faz Parte da sua História, ele afirmou que cabe aos parlamentares corrigir os erros praticados.

Entre as denúncias está a assinatura, ainda na gestão do ex-diretor-geral Agaciel Maia, de uma série de medidas administrativas não publicadas. Entre esses atos secretos, a imprensa tem mostrado contratações de parentes do presidente do Senado.

“Nossa função é responder a isso e procurar de toda maneira que nós, nesses novos tempos, tenhamos condições de corrigir todos os erros e fazer com que o povo não olhe o parlamento pelos seus defeitos. Nossos valores não podem ser julgados pela imperfeição do exercício, dos valores morais e dos valores do parlamento que são feitos muitas vezes por maus parlamentares a quem devemos combater.”

No discurso, José Sarney fez um longo retrospecto da história do parlamento brasileiro para demonstrar a importância das pessoas políticas nos avanços da sociedade. Lembrou que benefícios concedidos a parlamentares, hoje considerados regalias, como o auxílio-moradia, entre outros, foram criados para que os parlamentares tivessem maior independência.

“Isso não foi feito para usufruir vantagens, mas para que o parlamentar tivesse maior independência e pudesse ser livre na opinião do seu voto”, ressaltou o presidente.

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), que participou da cerimônia, também fez referências às frequentes críticas da sociedade ao Legislativo. Segundo ele, por ser dos três Poderes – o que está mais suscetível a interferência e participação popular – é natural que o Congresso seja o mais criticado.

Temer defendeu a divulgação, pela imprensa, do que é feito no Congresso. Para ele, esta é a melhor forma de se fortalecer a instituição e, neste sentido, destacou o papel do Congresso como o Poder garantidor da democracia. “Não há crítica à crítica que se faz, mas faço uma constatação: estamos em absoluta normalidade democrática. Não falo de seus membros, mas da instituição que é fundamental na democracia e daí a importância de se divulgar o que se faz”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)