Cassilândia, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

21/09/2019 09:00

São Mateus

Redação

Mateus, um dos doze apóstolos e autor do primeiro Evangelho e cujo nome significa “Dom de Deus”, era judeu. Culto, inteligente, exercia a função de cobrador de impostos na cidade de Cafarnaum, sob o comando de Herodes Antipas. Estava na mesa de cobrança quando Jesus o chamou: “Mateus, segue-me”. O Evangelho diz que imediatamente Mateus se levantou e se colocou à disposição do Reino de Deus, trocando um serviço altamente rendoso e uma profissão que primava pela usura e exploração dos mais fracos, por uma missão baseada na gratuidade e na partilha. São Lucas diz em seu Evangelho que Mateus respondeu ao chamado de Jesus, com tanta alegria e entusiasmo que logo preparou em sua casa uma grande festa para o Mestre. Depois, silenciosa e discretamente, livrou-se do dinheiro que havia sido ganho às custas da exploração do povo, empregando-o em obras de misericórdia. Certamente por humildade e também por coerência, ele não conta isso em seu Evangelho. Mas essa atitude é perfeitamente percebida, quando ele escreve e ensina que a mão direita não deve saber o que faz a esquerda e que a esmola deve ser dada em segredo. Os evangelistas Marcos e Lucas o chamam pelo nome de Mateus, mas ele mesmo prefere se chamar pelo nome de Levi, acrescentando o adjetivo publicano, para certamente ressaltar sua condição de pecador, de pessoa indigna de figurar entre os apóstolos de Jesus. Seu Evangelho é dirigido especialmente aos judeus e compreende cinco grandes discursos sobre o Reino dos Céus. Após o episódio no qual Jesus o chama, o Evangelho só fala de Mateus, quando se refere à eleição dos apóstolos. Tradições antigas, embora não totalmente comprovadas, dizem que ele pregou na Etiópia ou na Macedônia. Tudo indica que morreu mártir.

Refletindo sobre o curto diálogo entre Jesus e Mateus, ficamos sem saber o que admirar mais nesse episódio: se a bondade de Jesus que por pura gratuidade e bondade chama um pecador público para fazê-lo seu discípulo, ou se a prontidão e generosidade de Mateus que imediatamente larga tudo para segui-lo. Ao longo dos séculos Jesus continua chamando e esperando. Oxalá como Mateus possamos entender que ninguém pode seguir a Jesus sem estar disposto a renunciar a si mesmo, a despojar-se dos bens materiais, a dizer não às atitudes desonestas, à corrupção e aos impostos absurdos que exploram e oprimem principalmente os mais simples e pobres.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 16 de Outubro de 2019
Terça, 15 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Segunda, 14 de Outubro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)