Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/08/2005 08:26

Salário mínimo de R$ 300 agora é lei

Agência Senado

Depois de toda a polêmica em torno de sua votação, finalmente o salário mínimo de R$ 300 transformou-se na Lei nº 11.164, de 19 de agosto de 2005. O presidente do Senado, Renan Calheiros, comunicou ao Plenário que as mesas do Senado e da Câmara promulgaram a MP 248/05.

A votação do salário mínimo no Congresso foi tumultuada. Primeiro, na Câmara, os partidos de oposição obstruíram sua votação, em sua estratégia de desgastar o governo. Depois, durante a votação houve uma confusão e acabou sendo aceita uma emenda que elevava seu valor para R$ 370, o que foi corrigido pelos deputados imediatamente.

No Senado, a medida provisória foi a voto num momento em os oposicionistas estavam irritados com o deputado petista Paulo Pimenta (RS), vice-presidente da CPI do Mensalão. O deputado havia conseguido uma lista apócrifa de candidatos ligados ao PSDB de Minas Gerais que teriam recebido dinheiro do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza. Com isso, o PSDB e o PFL, com o apoio de alguns senadores de outros partidos, derrubaram os R$ 300 e aprovaram o salário mínimo de R$ 384,28.

Houve muita crítica do governo, sob o argumento de que a União, os estados e os municípios não suportariam um valor elevado bruscamente. O rombo nas contas da Previdência Social poderia chegar a R$ 12 bilhões se mantidos os R$ 384,28, conforme o Ministério do Planejamento. Por causa da mudança, a MP teve de voltar ao exame dos deputados onde, nesta quarta-feira (17), agora com os votos do PSDB, foi restabelecido o valor de R$ 300.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)