Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/10/2005 17:14

Saiu o resultado final do Referendo

Michèlle Canes/ABr

Com 59,10 milhões de votos, o comércio de armas de fogo e munição fica permitido no Brasil. A apuração dos votos do referendo de domingo (23) foi concluída apenas hoje devido às dificuldades de transporte das urnas de alguns vilarejos e estados atingidos pela seca. Os últimos votos apurados foram os de uma urna da localidade de São Salvador, que fica em um seringal no interior do Acre.

Desde as 21h40 de domingo, o resultado já estava definido. Os eleitores disseram "Não" à proibição proposta pelo referendo, com 63,94% de votos válidos. Trinta e três milhões de eleitores (36,06%) disseram "Sim" ao fim do comércio de armas e munição no país. Dos 122 milhões de eleitores, 21,85% dos eleitores não compareceram aos locais de votação ou justificaram a ausência. Os votos nulos foram 1,68% e os em branco, 1,39%. O total de votos válidos foi de 95.375.824 (78,15%).

A região Sul foi a que apresentou a maior diferença entre números de voto entre o "Sim" e o "Não". Apenas 20,41% da população votou pela proibição das armas. Na região Nordeste, a disputa foi mais apertada: o "Não" recebeu o voto de 57,51% da população, enquanto o "Sim" obteve 42,49%.

O município que registrou a maior vitória do "Sim", com 78,60%, foi Rio do Pires, na Bahia. O Acre foi o responsável pela maior vitória do "Não". No município acreano de Marechal Thaumaturgo, 97,44% da população votou pela comercialização de armas. Dois municípios registraram empate entre as duas respostas: Canhotinho (PE) e Apodi (RN).

O maior número de abstenções foi registrado no município de Melgaço, no Pará, 62,29%, e o menor em Chuvisca, no Rio Grande do Sul, 6,74%. Em 12 estados, o voto "Não" ganhou em todos os municípios. Pará, Rio de Janeiro e Sergipe foram os estados que tiveram apenas uma vitória do "Sim".

Colaboraram Yara Aquino e Alessandra Bastos

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)