Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/08/2016 16:02

Saiba mais sobre o ciclismo de estrada, um dos esportes dos Jogos Olímpicos

EBC

O ciclismo de estrada fez parte do programa da primeira edição dos Jogos Olímpicos, em Atenas, em 1896. O esporte distribui quatro medalhas nos Jogos Olímpicos, nas provas de resistência e contra o relógio, tanto no masculino como no feminino. Esta é a modalidade olímpica com mais atletas. Ao todo, são 211 atletas na modalidade - 144 homens e 67 mulheres.

A prova de resistência é disputada por todos os atletas e dura mais de cinco horas, no masculino, e quatro, no feminino. Apesar de todos os atletas classificados disputarem a prova de resistência, somente 65 (40 homens e 25 mulheres) correm contra o relógio.

Nos Jogos Olímpicos do Rio, as disputas da modalidade acontecem nos dias 5, 6 e 10 de agosto. A largada da prova de estrada será no Forte de Copacabana e os ciclistas percorrerão 165 quilômetros, passando pelos bairros de Ipanema, Leblon, São Conrado, Barra, Recreio, Guaratiba, Alto da Boa Vista, Floresta da Tijuca, Horto, Jardim Botânico e Gávea. Nestas áreas o público poderá ver os ciclistas de perto, até que eles voltem para o Forte de Copacabana. Ali ocorrerá o sprint final, a reta de chegada que definirá o vencedor do ciclismo de estrada. Vence aquele que cruzar a linha de chegada primeiro.

Na prova de contrarrelógio, que terá largada no Pontal, o sistema é um pouco diverso. Os ciclistas não correm em peletões: eles largam individualmente, a cada 90 segundos, justamente para que o competidor faça todo o percurso sozinho, sem poder pegar o vácuo de outra bicicleta e enfrentando o vento de frente.

Nas provas de estrada, as bicicletas precisam ser leves, resistentes e confortáveis, já que os ciclistas passam muitas horas pedalando. Já no contrarrelógio, o que conta é a aerodinâmica. O guidão é propositalmente baixo, o que permite ao ciclista uma boa economia de energia, além de uma aerodinâmica mais favorável.

Os uniformes dos ciclistas devem ser feitos de material que absorva o suor e permita que a pele respire. Os shorts de lycra facilitam a circulação e evitam o atrito com o selim, enquanto pedais de encaixe permitem fixar o pé, oferecendo mais estabilidade e controle.

A ciclista Jeannie Longo-Ciprelli é a maior medalhista na modalidade, com quatro medalhas. Entre os homens, o dinamarquês Henry Hansen tem duas medalhas de ouro e uma de bronze pela modalidade.

As competições internacionais oficiais são regidas pela União Ciclística Internacional (UCI). No Brasil, a responsável é a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)