Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/06/2006 10:13

Sábado é dia de vacinação contra a paralisia infantil

Agência do Rádio

Vacinar mais de 17 milhões de crianças com idade até cinco anos, e manter erradicada a poliomielite no Brasil, são as principais metas da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em 2006, que se realiza neste sábado, dia 10. A expectativa do Ministério da Saúde é de que cada unidade da Federação atinja pelo menos 95% de cobertura vacinal em pelo menos 80% dos municípios que a integram.

Com o slogan "O seu filho quer duas gotinhas da sua atenção", a campanha, que tem sua segunda etapa prevista para 26 de agosto, contará com 340 mil pessoas mobilizadas, entre profissionais de saúde e voluntários, em 117 mil postos de vacinação. O transporte das equipes será assegurado por 42.800 automóveis, 588 embarcações e quatro aeronaves, essenciais ao trabalho em áreas de difícil acesso, como a Amazônia.

Segundo os especialistas, não existe contra-indicação absoluta para a aplicação da vacina oral contra a poliomielite. A vacina possui segurança bem estabelecida e reações adversas associadas a ela são raras. As vacinações em massa têm mantido o Brasil livre da doença desde 1989.

Estratégia está em execução há 26 anos

Para atender à demanda do País, 26,6 milhões de doses da vacina contra a poliomielite foram adquiridas pelo Ministério da Saúde, totalizando um investimento de R$ 10,1 milhões. Além disso, R$ 6,2 milhões serão repassados aos estados e municípios para a operacionalização da campanha.

Em 2006, a estratégia de combate à poliomielite no Brasil completa 26 anos de existência. Restam no mundo três regiões que ainda não receberam a certificação de erradicação da pólio: África, Sudeste da Ásia e Mediterrâneo Oriental. Por isso, ainda exist e a necessidade de manter campanhas de vacinação, mesmo nos países que já erradicaram a doença, como o Brasil. O motivo é o fluxo intenso e rápido de viajantes por todo o mundo que pode facilmente propagar o poliovírus.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)