Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/10/2005 09:21

Rio Grande do Sul teve maior índice de votos ''não"

Lupi Martins/ABr

O Rio Grande do Sul registrou o maior percentual de votos do país a favor da comercialização de armas e munição, com 86,83% pelo não e 13,17% pelo sim. Foram 5.353.854 votos a favor do não e 812.207 pelo sim. O índice de votos brancos foi de 1,15% com 1.300.072 votos, o de nulos de 0,88% e a abstenção foi a menor do país, com 17,12%.

Em Porto Alegre, a opção pelo não foi feita por 83,06% dos eleitores, com 683.562 votos.O sim recebeu 117.430 votos (16,03%). A abstenção na capital gaúcha foi de 17,18%. Os votos brancos registraram 1,15%. O município gaúcho de Coqueiros do Sul registrou o mais alto percentual de votos pelo não no estado, com 96,61%.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul concluiu a apuração somente às 23h40. A totalização atrasou em conseqüencia de votação manual em 15 seções do estado. O presidente do TRE, desembargador Roque Miguel Fank, disse que a votação foi tranqüila e considerou baixo o índice de problemas registrado nas urnas eletrônicas: 162 para um total de 20.011.

O chefe do policiamento militar, tenente-coronel Joel Prates Pedroso, também afirmou que o trabalho dos sete mil policiais no estado foi tranqüilo, com o registro de ocorrências sem gravidade. Em Viamão, na região metropolitana, um homem foi preso em flagrante, à tarde, e conduzido ao Presídio Central, porque levava no automóvel uma espingarda calibre 32.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)