Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2005 09:21

Rio Grande do Sul teve maior índice de votos ''não"

Lupi Martins/ABr

O Rio Grande do Sul registrou o maior percentual de votos do país a favor da comercialização de armas e munição, com 86,83% pelo não e 13,17% pelo sim. Foram 5.353.854 votos a favor do não e 812.207 pelo sim. O índice de votos brancos foi de 1,15% com 1.300.072 votos, o de nulos de 0,88% e a abstenção foi a menor do país, com 17,12%.

Em Porto Alegre, a opção pelo não foi feita por 83,06% dos eleitores, com 683.562 votos.O sim recebeu 117.430 votos (16,03%). A abstenção na capital gaúcha foi de 17,18%. Os votos brancos registraram 1,15%. O município gaúcho de Coqueiros do Sul registrou o mais alto percentual de votos pelo não no estado, com 96,61%.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul concluiu a apuração somente às 23h40. A totalização atrasou em conseqüencia de votação manual em 15 seções do estado. O presidente do TRE, desembargador Roque Miguel Fank, disse que a votação foi tranqüila e considerou baixo o índice de problemas registrado nas urnas eletrônicas: 162 para um total de 20.011.

O chefe do policiamento militar, tenente-coronel Joel Prates Pedroso, também afirmou que o trabalho dos sete mil policiais no estado foi tranqüilo, com o registro de ocorrências sem gravidade. Em Viamão, na região metropolitana, um homem foi preso em flagrante, à tarde, e conduzido ao Presídio Central, porque levava no automóvel uma espingarda calibre 32.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)