Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/07/2016 11:00

Revistas femininas não informam adequadamente sobre nutrição

Educação Física.org

Problemas aparecem em todas as revistas, aponta mestrado defendido na USP que analisou as principais publicações editadas em São Paulo no primeiro semestre de 2002. As revistas femininas não informam adequadamente sobre Nutrição, mesmo quando recorrem a especialistas e autoridades da ciência. Informações desencontradas, falta de dados importantes e foco apenas nos valores calóricos – esses são alguns dos problemas citados pela nutricionista Daniella Moreira de Souza, autora de um dissertação de mestrado que analisou publicações de três grandes editoras de São Paulo durante o primeiro semestre de 2002.

Daniella, que fez seu estudo pelo Programa Interunidades de Nutrição Aplicada (Pronut) da USP, afirma que a quantidade e o tipo de erros são homogêneos – eles aparecem em todas as revistas, das mais baratas às mais caras. “Nenhuma das publicações informa a notícia por completo”, aponta. No total, a pesquisadora encontrou 349 artigos. A maioria deles (125) era assinado por nutricionistas. Outros profissionais de saúde assinavam 49, e outras pessoas, 105; 70 artigos não faziam referência ao autor. Daniela centrou seu estudo nos textos que falavam sobre alimentação equilibrada (52) e alimentos funcionais (40).

Faz bem. Mas quanto?

Segundo a pesquisadora, muitas das reportagens alertam para o perigo de se comer determinado alimento em excesso, mas não definem o que é esse “excesso”. Além disso, é comum que uma matéria sobre as propriedades benéficas de um alimento também não mencione a quantidade adequada. “Por causa da falta de informações, a leitora acaba não consumindo o alimento. Ou, na pior das hipóteses, ingere em quantidade que pode lhe fazer mal”, revela a nutricionista. “Uma revista chegou a recomendar uma dieta de mil calorias quando a receita tinha, na verdade, 500 calorias.”

Outro problema está na falta de informações sobre como o alimento deve ser ingerido. Daniella relata que, durante uma palestra, descobriu que muitas pessoas haviam comprado soja depois de ler reportagens e assistir a programas de televisão sobre seus benefícios. Mas, por falta de informações sobre como preparar a soja, muitas delas simplesmente guardaram os grãos em casa.

Tendências

A pesquisadora notou que os artigos seguem uma mesma tendência na escolha dos temas. “Há uma espécie de ‘moda’. As revistas publicam as mesmas coisas na mesma época, mesmo que entrem em contradição com o que foi dito pouco tempo antes”. Por exemplo: em fevereiro de 2002, uma pirâmide de alimentos era um dos principais temas. Em março, uma nova pirâmide foi divulgada pelos mesmos veículos, sem referências às recomendações anteriores.

Nesse aspecto, o fator comercial é de grande relevância. As mulheres querem ficar magras, e as revistas (que querem vender) trazem a suposta receita. Por isso, a estética é insistentemente a linha-guia das reportagens sobre alimentação. “Infelizmente, dá-se muita ênfase ao valor calórico dos alimentos, em detrimento de outras propriedades nutricionais talvez até mais importantes”, critica a nutricionista.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)