Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/09/2004 15:59

Retinopatia é mais frequente em pacientes com diabete

Agência Notisa

Cerca de 6% da população brasileira apresenta diabete melito, que é caracterizada pelo elevado teor de açúcar no sangue. A doença pode causar lesões nos rins, no sistema nervoso periférico e nos olhos. Para se ter uma idéia, a diabete está entre as principais causas de cegueira irreversível no Brasil e no mundo, sendo que a complicação ocular mais freqüente no paciente diabético é a retinopatia diabética (RD), presente em 29 a 40% dos doentes. O problema é que pacientes com mais tempo de diabete são mais propensos a desenvolver retinopatia. Essa é a conclusão de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo.

De acordo com artigo publicado na edição de maio/junho de 2004 dos Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, “foram estudados de forma retrospectiva os prontuários de 2.360 pacientes do ambulatório de RD do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, atendidos no período de 1983 a 2002 e provenientes da região de Ribeirão Preto-SP, zona urbana ou rural”. O objetivo foi analisar o perfil oftalmológico dos pacientes.

Segundo os pesquisadores, a maioria dos pacientes era do sexo feminino e tinha baixo nível sócio-econômico. Eles foram divididos em quatro grupos, de acordo com o tempo de acompanhamento: grupo A (0 a 4 anos); grupo B (5 a 9 anos); grupo C (10 a 14 anos) e grupo D (15 a 19 anos).

A equipe constatou que 20% de todos os pacientes que participaram do estudo apresentaram retinopatia, sendo que a prevalência foi aumentando conforme o tempo de acompanhamento deles. De acordo com os pesquisadores, há duas explicações para esse aumento: o grande número de pacientes no grupo A com um único atendimento, o que não quer dizer que a doença seja recente; e a maior adesão ao tratamento por parte dos pacientes com retinopatia, o que contribuiria para o aumento da prevalência nos grupos com pacientes com mais tempo de acompanhamento.

De qualquer forma, eles ressaltam que quanto maior o tempo que o paciente apresenta a doença, maiores as chances dele desenvolver retinopatia. Além disso, explicam que “mesmo dentro de uma estrutura organizada e com atendimento multidisciplinar visando a uma melhor atenção aos pacientes com diabete, a retinopatia diabética permanece como uma complicação freqüente e de difícil controle entre os diabéticos”. Daí a importância de se detectar precocemente a doença e de dar seguimento ao tratamento.

Agência Notisa (jornalismo científico - scientific journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)