Cassilândia, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

19/05/2017 11:42

Resolução proíbe oficialmente celular e tereré nas escolas estaduais de MS

Midiamax

A SED (Secretaria Estadual de Educação) publicou no DOE (Diário Oficial do Estado), desta quinta-feira (18), a resolução número 3.280 que disciplina o Regimento Escolar das escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul. São 116 artigos relacionados à conduta de alunos, professores e membros da coordenação e direção.

O artigo 82 trata das proibições aos estudantes. São 21 artigos e entre eles, o uso de celular, pager, rádios e outros aparelhos eletrônicos capazes de produzir sons e ruídos em sala de aula, quando não utilizados para fins pedagógicos. Já o artigo 3 cita: “trazer e tomar tereré no ambiente escolar”. A proibição já constava na resolução anterior da SED.

De acordo com alunos da rede estadual, a regra não é tão rígida assim. Os alunos do Ensino Médio de uma escola na região norte de Campo Grande, dizem que não podem tomar a bebida típica na sala de aula, mas no intervalo, não há proibição.

Entre as outras proibições estão a utilização da internet para denegrir a imagem da comunidade escolar ou dos seus funcionários, além de uso de drogas e bebidas alcoólicas. Uma mudança, é com relação ao artigo que trata do uniforme, que além da proibição de descaracterização do uniforme, foi acrescido de “portar-se com roupas impróprias para o ambiente escolar“.

Veja a resolução completa na página 4 do DOE desta quarta-feira.

Art.82. É proibido ao estudante:

I- entrar em sala de aula ou dela sair sem permissão do professor;

II- uso de celular, Pager, rádios e outros aparelhos eletrônicos capazes de produzir sons e ruídos em sala de aula, quando não utilizados para fins pedagógicos;

III- trazer e tomar tereré no ambiente escolar;

IV – utilizar, sem a devida autorização, materiais e objetos de terceiros;

V- fumar neste ambiente escolar;

VI- ausentar-se durante o período de aula, sem autorização;

VII- desperdiçar materiais de uso comum que pertencem à escola;

VIII- acompanhar ou incentivar a presença de pessoas estranhas nas dependências desta escola;

IX- descaracterizar a camiseta do uniforme e portar-se com roupas impróprias para o ambiente escolar;

Publicidade
X- apresentar-se sob efeito de bebidas alcoólicas ou substâncias que produzam dependência física ou psíquica;

XI- promover eventos de qualquer natureza, sem a devida autorização da direção escolar;

XII- formar grupos com o fim de promover algazarra, e incitar os colegas a atos de rebeldia e movimentos contra normas regimentais;

XIII- desacatar os integrantes desta escola;

XIV- causar danos materiais e depredação ao patrimônio público;

XV- afrontar ou agredir professores, colegas ou demais funcionários com ofensas e agressões causando-lhes danos morais ou físicos;

XVI- portar livros, impressos, gravuras ou escritos que represente perigo para sua integridade moral ou de outrem, XVII- utilizar a internet para denegrir a imagem da comunidade escolar ou dos seus funcionários.

XVIII – agredir fisicamente colegas, professores ou demais funcionários no ambiente escolar;

XIX – rasurar ou falsificar qualquer documento escolar;

XX – portar objetos cortantes, fogos de artifício, armas, explosivos de qualquer natureza, e outros objetos estranhos às atividades escolares, que prejudiquem o processo de ensino e de aprendizagem e que possam causar acidentes pessoais;

XXI – consumir ou manusear quaisquer tipos de drogas nas dependências do estabelecimento de ensino.

Com relação às proibições ao corpo docente, é proibido entre outros, tratar em sala de aula de outros assuntos alheios ao que leciona; preencher todo o tempo de aula com ditado de conteúdo, com filmes não articulados aos conteúdos estudados, atividades improvisadas sem objetivos definidos, sejam elas quais forem; dar conhecimento aos estudantes das questões objetos de testes e demais avaliações antes de sua aplicação; usar critérios fraudulentos nas provas e outros trabalhos destinados à avaliação e fazer uso do telefone celular em período demasiadamente longo para tratar de assunto particular durante o horário de expediente, bem como em sala de aula.

Fonte: Mídia Max

Vereadores copie esta Resolução que proíbe oficialmente celular e tereré nas escolas estaduais de MS e faça uma lei municipal caso não exista.
 
Manoel Messias de Araújo em 19/05/2017 13:20:52
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 20 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 19 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)