Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

02/06/2004 19:48

Repasses do Fundef terão novas regras

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, no último dia 26, substitutivo da deputada Fátima Bezerra (PT-RN) ao Projeto de Lei 241/99, que determina que os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) serão depositados automaticamente em contas específicas dos municípios, dos estados e do Distrito Federal, vinculadas ao Fundo. Os beneficiários deverão publicar mensalmente os valores dos recursos, discriminando-os por origem, no Diário Oficial ou, na inexistência deste, em jornal de grande circulação local. Para Fátima Bezerra (PT-RN), é preciso aprimorar alguns aspectos do Fundef, entre os quais o controle social dos recursos.

Gestão
De acordo com o texto aprovado, o acompanhamento e o controle social sobre a repartição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundo serão exercidos por conselhos a serem instituídos no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Estes conselhos não terão estrutura administrativa própria e seus membros não receberão qualquer espécie de remuneração pela participação no colegiado, por ser considerada atividade de relevante interesse social. Os conselhos ainda supervisionarão o censo escolar anual.
Os conselhos atuarão com autonomia, sem qualquer espécie de subordinação ao Poder Executivo local e terão composição específica nas esferas federal, estadual e municipal. Fátima Bezerra ressalta que pesquisa realizada pelo MEC em 2001 constatou que a maioria dos conselheiros era indicada pelos prefeitos e secretários de Educação. Daí a necessidade da previsão expressa de eleição pelos pares, para preenchimento das representações de professores, funcionários e pais de alunos.

Participações restritas
O texto aprovado prevê que não poderão integrar os conselhos do Fundef as seguintes pessoas: o cônjuge e os parentes consangüíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais; e o tesoureiro, contador ou funcionário de empresa de assessoria ou consultoria que prestem serviços à municipalidade relacionados à administração ou controle interno dos recursos do Fundo.

Tramitação
O substitutivo aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania engloba o projeto original, que é de autoria do deputado Professor Luizinho (PT-SP), o PL 2514/00, do deputado Paes Landim (PFL-PI), o PL 2686/00, do deputado Gilmar Machado (PT-MG), que tratam do mesmo tema, e o substitutivo da Comissão de Educação e Cultura. O projeto deverá ainda ser apreciado pelo Plenário.



Da Redação/MS


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)