Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2015 19:21

Relatório de PEC sobre demarcação de terras indígenas tem votação adiada de novo

Agência Brasil

 

Em meio a polêmicas, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/00 que altera as regras para demarcação de terras indígenas, quilombolas e de unidades de conservação, pela comissão especial criada para analisar a PEC foi adiada mais uma vez. Esta foi a terceira vez esta semana que a reunião foi adiada.

Após ter o seu início atrasado, a reunião foi cancelada em razão do início da Ordem do Dia do Plenário. Com a decisão, a comissão especial passou para a próxima semana a votação do texto substitutivo do relator, Osmar Serraglio (PMDB-PR).

Em seu parecer, Serraglio defende que o Congresso Nacional dê a palavra final no processo de demarcação de terras indígenas, tirando a prerrogativa do Executivo, como ocorre atualmente.

O parecer do relator também proíbe a ampliação de terras indígenas já demarcadas, estabelece o direito de indenização dos proprietários de terras e fixa o dia 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição, como marco temporal para definir o que são as terras permanentemente ocupadas por indígenas e quilombolas.

A proposta é criticada por lideranças indígenas, que argumentam que a medida, além de inconstitucional, atende a interesses da bancada ruralista na Câmara e no Senado.

Até o momento, cinco deputados apresentarem votos em separado, questionando o parecer de Serraglio e pedindo a rejeição da PEC. São eles, os deputados Edmilson Rodrigues (Psol-PA), Glauber Braga (Psol-RJ), Erika Kokay (PT-DF), Sarrney Filho (PV-MA) e Janete Capiberibe (PSB-AP).

Os votos em separado apenas são apreciados pela comissão especial em caso de rejeição do parecer oficial de Osmar Serraglio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)