Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/07/2005 07:31

Recursos do FAT devem chegar na próxima semana

Acrissul

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse na sexta-feira (22-07) que foram liberados ontem R$ 3 bilhões em recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), fora do crédito rural, para financiar a renegociação das dívidas dos agricultores com os fornecedores de insumos.

Segundo o ministro, o conselho deliberativo do FAT foi generoso e os recursos começarão a ser operacionalizados na semana que vem. Ele disse que mais R$ 1 bilhão serão liberados em setembro. "Assim, os agricultores saem do endividamento e olham para a frente com mais alegria", afirmou Rodrigues, lembrando que, pela sua proporção, a crise da agricultura é inédita na história do Brasil

Roberto Rodrigues considera plenamente justificadas as reclamações da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil as dificuldades enfrentadas pelos agricultores. No entanto ele ressaltou que o governo não pode resolver todos os problemas que afetam o setor, como o aumento dos custos dos insumos, a queda nos preços das commodities e a quebra da safra provocada pela seca. "É claro que o câmbio complicou a situação da agricultura, mas os fatores centrais da crise estão fora do governo", disse o ministro, que participou pela manhã da reunião do Comitê de Agroindústria da Federação das Indústria do Estados de São Paulo (Fiesp).

O ministro admitiu que trabalha com a hipótese redução da safra 2005/06, principalmente por causa da queda nas vendas de insumos. O menor uso de tecnologia deve reduzir a produtividade das lavouras. De qualquer forma, disse Rodrigues, é necessário primeiro liquidar o endividamento e trazer recursos para a comercialização da safra, para depois se ter uma idéia mais clara do que irá acontecer neste ano. De qualquer forma, os recursos para o custeio da safra são 18% superiores ao montante liberado na safra passada, disse ele.

Roberto Rodrigues negou que esteja demissionário, dizendo que tais informações não passam de boato. "Sou um técnico, trabalhando pela agricultura para ajudar o País. Quando o presidente da República achou que não sou mais a opção estarei pronto para cuidar da vida", disse ele.

Fonte: Agência Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)