Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/06/2016 11:37

Receita e Fazenda fazem operação para investigar notas frias de empresas

Renata Volpe Haddad, Campo Grande News

 

Empresas recém-criadas ou inativas por um longo período de tempo que passaram a emitir grande quantidade de notas fiscais de 2013 a 2016 e que somaram mais de R$ 1,5 bilhão em operações, são alvo de investigação das Delegacias da Receita Federal em Campo Grande e Dourados, distante 233 km de Campo Grande.

A Receita Federal deflagrou nesta quinta-feira (2) a Operação Tantum Charta, que a partir de cruzamentos de dados realizados pelo Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro da Receita e de informações da Sefaz/MS (Secretaria de Estado de Fazenda), identificaram 50 empresas criadas apenas para emitir notas fiscais.

Os documentos fiscais teriam sido emitidos para simular operações para transferir créditos ilegais de ICMS (Imposto sobre Serviço de Circulação de Mercadorias e Serviços) e de sonegar tributos federais, como o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e o IRPJ (Imposto sobre a Renda de Pessoas Jurídicas).

Se as suspeitas se confirmarem, as empresas serão declaradas inaptas ou baixadas de ofício pela Receita Federal. A Sefaz já vem atuando no cancelamento das inscrições estaduais dos estabelecimentos, evitando a emissão de novos documentos fiscais. Serão abertas também fiscalizações pela Receita Federal, nas empresas destinatárias das notas fiscais, as beneficiárias, que serão autuadas conforme os créditos tributários apurados.

Além disso, após a formalização da representação penal ao Ministério Público pela autoridade Fiscal, os envolvidos na fraude poderão responder pelos crimes de formação de quadrilha, sonegação fiscal e falsidade ideológica, dentre outros.

Operação - O nome da Operação, "Tantum Charta", que em Latim significa “apenas papel”, faz referência ao modus operandi do “esquema”, que consiste na emissão de notas fiscais sem a correspondente circulação das mercadorias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)