Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/08/2004 09:29

Projeto dispensa microempresa de depósito recursal

Agência Câmara

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou nesta semana o Projeto de Lei (PL 506/03), do deputado Almir Moura (PL-RJ), que dispensa as micro e pequenas empresas de efetuarem o depósito recursal na justiça do trabalho. Esse depósito é uma garantia de pagamento de recursos em processos trabalhistas para assegurar a execução final. Os valores variam entre R$ 3.485,03 a R$ 6.970,05 e está previsto na CLT. A proposta inclui a dispensa no Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

Fluxo de caixa
O relator, deputado Reinaldo Betão (PL-RJ), que defendeu a proposta, ressalta que a exigência do depósito recursal introduz um problema de fluxo de caixa para as empresas. "Para uma grande empresa, os valores são irrisórios. Não é o caso, porém, das micro e pequenas empresas", afirma. O parlamentar ainda acrescenta que qualquer medida que contribua para tornar inviável os empreendimentos brasileiros implicará a redução do emprego. O autor da proposta, deputado Almir Mora, afirma que a supressão do depósito não irá prejudicar o trabalhador, que, caso tenha confirmado sua ação em última instância ou tendo ocorrido o trânsito em julgado da decisão, terá garantido os seus direitos.

A proposta, que tramita emcaráter conclusivo, foi rejeitada pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, mas ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.



Reportagem - Daniel Cruz
Edição – Paulo Cesar Santos


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)