Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

06/06/2006 15:40

Produtores querem redução do ICMS do diesel


Os aproximadamente 500 produtores rurais de vários municípios que foram à Assembléia Legislativa e chegaram a agredir deputados querem a redução do valor da pauta fiscal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre grãos e a redução da alíquota sobre o preço do óleo diesel de 17% para 12%.

As reivindicações foram apresentadas na tribuna do plenário pelo presidente da Famasul, Léo Brito. Ofício encaminhado ao presidente da Assembléia, Londres Machado (PL), apresentou seis pontos, a começar pela redução de 17% para 12% sobre o óleo diesel. O segundo ponto é a redução da pauta fiscal sobre grãos.

Segundo o delegado do Sindicato Rural de Itaporã, Maurício Saito, o valor de mercado da saca de soja de 60 quilos é de R$ 22, mas o ICMS é tributado sobre o valor de R$ 22. No caso do milho, a pauta está em R$ 20,40, quase o dobro do valor pago pelo mercado, de R$ 12. No caso da arroba do boi, segundo Brito, a arroba custa R$ 44, mas o tributo é cobrado sobre o valor de R$ 51.

O terceiro ponto é a devolução dos créditos do ICMS recolhido pelos produtores rurais. O quarto é a retirada da parcela do petróleo do Fundo de Desenvolvimento Rodoviário (Fundersul). O quinto item é a concessão de regimes especiais para os elos da cadeia produtivas do agronegócio e a revogação da Lei 2.783, de 19 de dezembro de 2003, que autoriza a concessão de créditos presumido e crédito outorgado nas hipótese em que específica. Segundo Brito, a lei só beneficia de cinco a seis cerealistas e impede a negociação das cooperativas.

O último item pede recursos no orçamento do Estado para a sanidade animal e vegetal. A audiência tem a participação de produtores rurais de Dourados, Ponta Porã, Sidrolãndia, Fátima do Sul, Naviraí, Maracaju, entre outros municípios.




RMT online e TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)