Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/06/2006 15:40

Produtores querem redução do ICMS do diesel


Os aproximadamente 500 produtores rurais de vários municípios que foram à Assembléia Legislativa e chegaram a agredir deputados querem a redução do valor da pauta fiscal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre grãos e a redução da alíquota sobre o preço do óleo diesel de 17% para 12%.

As reivindicações foram apresentadas na tribuna do plenário pelo presidente da Famasul, Léo Brito. Ofício encaminhado ao presidente da Assembléia, Londres Machado (PL), apresentou seis pontos, a começar pela redução de 17% para 12% sobre o óleo diesel. O segundo ponto é a redução da pauta fiscal sobre grãos.

Segundo o delegado do Sindicato Rural de Itaporã, Maurício Saito, o valor de mercado da saca de soja de 60 quilos é de R$ 22, mas o ICMS é tributado sobre o valor de R$ 22. No caso do milho, a pauta está em R$ 20,40, quase o dobro do valor pago pelo mercado, de R$ 12. No caso da arroba do boi, segundo Brito, a arroba custa R$ 44, mas o tributo é cobrado sobre o valor de R$ 51.

O terceiro ponto é a devolução dos créditos do ICMS recolhido pelos produtores rurais. O quarto é a retirada da parcela do petróleo do Fundo de Desenvolvimento Rodoviário (Fundersul). O quinto item é a concessão de regimes especiais para os elos da cadeia produtivas do agronegócio e a revogação da Lei 2.783, de 19 de dezembro de 2003, que autoriza a concessão de créditos presumido e crédito outorgado nas hipótese em que específica. Segundo Brito, a lei só beneficia de cinco a seis cerealistas e impede a negociação das cooperativas.

O último item pede recursos no orçamento do Estado para a sanidade animal e vegetal. A audiência tem a participação de produtores rurais de Dourados, Ponta Porã, Sidrolãndia, Fátima do Sul, Naviraí, Maracaju, entre outros municípios.




RMT online e TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)