Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/12/2004 13:08

Procurador quer assinar novo pacto social até abril

Inara Silva / Campo Grande News

O procurador Regional do Trabalho, Cícero Rufino Pereira, afirmou hoje que quer concluir o novo pacto social entre índios e usineiros até 19 de abril de 2005, data em que a Convenção 169 completará um ano de homologação. Segundo o procurador, o conteúdo do documento formulado pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) foi transformado em decreto 5.051, do presidente Luís Inácio Lula da Silva e prevê que é preciso sempre ouvir as lideranças indígenas quando se tratar de questões referentes aos seus direitos. Foi baseado na convenção que o MPT (Ministério Publico do Trabalho) convocou índios e usineiros para discutir, em Campo Grande, a reformulação do Pacto Social, firmado em 2001, entre as partes. O encontro é realizado na sede da Procuradoria Regional do Trabalho, na Capital.
O primeiro acordo entre usineiros e índios foi feito em 1989 e o segundo em 2001. O procurador disse que os índios eram contra o contrato de trabalho, uma vez que seriam obrigados a ficar nas usinas por até 70 dias sem voltar para casa. O contrato também não era de interesse dos intermediários que negociavam a mão de obra indígena para as usinas e ganhavam dinheiro com isso. No entanto, para o procurador, a medida tem sido muito importante, mas ele lembrou que no começo as empresas sempre cumpriram as determinações, mas recentemente têm desrespeitado à legislação trabalhista.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)