Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/03/2010 09:18

PRF flagra desvio de combustível e prende quatro pessoas

Campo Grande News/ Marta Ferreira

Um esquema de desvio de combustível foi desbaratado nesta madrugada pela Polícia Rodoviária Federal. Quatro homens foram flagrados e presos.

Dois são motoristas de empresas que transportam combustívei e os outros dois receptadores: o arrendatário de um posto de gasolina na BR-262 e o proprietário de uma borracharia que fica no local.

Segundo as informações divulgadas pela PRF, o grupo usava um equipamento chamado “chupa-cabras” para transferir combustível de caminhão-tanque de transportadoras sem danificar o lacre.

O flagra foi dato no Auto Posto Garcias, em Três Lagoas, por volta da 1h, durante averiguação de denúncias que apontavam a aquisição irregular de combustíveis pelo estabelecimento.

Segundo a PRF, durante a madrugada foram avistados dois veículos, que entraram no pátio do posto. Com o uso do chupa-cabra, o grupo retirou dos caminhões-tanque uma quantidade próxima de 200 litros.

Esse combustível, segundo a PRF apurou, era revendido, a preços muito próximos dos de mercado. Na borracharia existente no posto foram encontrados 250 litros de óleo diesel, distribuídos em oito galões.

Os envolvidos, cujos nomes não foram divulgados, foram presos por furto de combustível. Com eles, foram encontrados dois equipamentos que usam usados para cometer o crime.

A PRF desconfia que o esquema já vem sendo utilizado há bastante tempo. O que provocou as denúncias foi a má qualidade do combustível comercializado, pois além de furtar o produto, eram feitas misturas irregulares.

Segundo a explicação da PRF, os maiores lesados são as empresas transportadoras, que tem pequenas quantidades de combustível retiradas ao longo do trecho das entregas e nem sempre isso é percebido.

Um caminhão-tanque leva em média 27 mil litros de combustível e normalmente são retirados de 200 a 500 litros, quantidade que, conforme a densidade do produto ao longo do dia costuma não ser percebida.

Além do crime de furto, os homens presos podem ser enquadrados em crime contra a economia popular. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento à Comunidade)de Três Lagoas.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)