Cassilândia, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

Últimas Notícias

29/01/2004 07:24

Previdência fecha 2003 com déficit de R$ 26,4 bilhões

Andréia Araujo/ABr

A queda na taxa de desemprego e o pagamento do 13º salário, aliados ao aumento do pagamentos de dívidas, proporcionaram, em dezembro de 2003, a maior arrecadação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) dos últimos tempos. O mês fechou as contas em R$ 12, 1 bilhões. Em 2003, o mesmo período teve arrecadação de R$ 11,1 bilhões.

Somando este saldo positivo ao aumento no volume de dívidas pagas ao INSS (precatórios), 2003 fechou com um déficit, ou seja, necessidade de financiamento do Tesouro Nacional, de R$ 26,4 bilhões, em valores nominais. Este valor ficou acima das expectativas do Ministério da Previdência, que era de R$ 27,2 bilhões.

A arrecadação total do ano, em valor nominal, ficou em R$ 80,7 bilhões e as despesas fecharam em R$ 107,1 bilhões. Mesmo com a melhora significativa no mês de dezembro, a arrecadação de 2003 foi menor que a de 2002, apresentando um decréscimo de 2,6%.

Segundo o secretário de Previdência Social, Helmut Schwarzer, a queda de 2003 ocorreu devido à trajetória do mercado de trabalho ao longo do ano, que “não foi boa para a Previdência Social”. Ele explicou que apesar do número de pessoas com carteira assinada não ter caído, a renda do trabalhador diminuiu.

Com isso, a base de cálculo da previdência, que é feita pela multiplicação do número de pessoas com carteira assinada vezes o salário, também caiu. “Isso piorou a situação de financiamento da previdência em 2003; o resultado foi fundamentalmente o mercado de trabalho urbano que piorou”, disse Schwarzer.

Para 2004, o secretário fez uma previsão de déficit do INSS de R$ 29,5 bilhões. Segundo ele, este valor se deve, principalmente, ao aumento do salário mínimo previsto no orçamento para R$ 256 e ao crescimento do número de benefícios. Nessa previsão, porém, não estão incluídos os prováveis reajustes nas pensões para aposentados e pensionistas que pediram revisão de valores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)