Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/02/2015 15:00

Presos ordenam mortes e ouvem execuções pelo celular

Portal Terra

O Ministério Público deflagrou, nesta segunda-feira, a operação Kommunication, que desarticulou uma quadrilha que ordenava execuções e outros crimes de dentro da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), considerada a unidade mais segura do Estado do Rio Grande do Sul. Cerca de R$ 300 mil eram movimentados semanalmente pelos criminosos, que ainda pediam para ouvir pelo celular as execuções ordenadas.

"Nas galerias, o 4G 'bomba' na Pasc. Na administração não funciona celular”, contou o promotor Ricardo Herbstrith, da Especializada Criminal de Porto Alegre, responsável pelas investigações, explicando como as coisas funcionam no presídio. “Era muito fácil. Chegava a ter entrada de 20, 25 telefones por vez na penitenciária, que é a mais segura que temos no Estado, que tem scanner, raio-x, detector de metal. Qualquer um que vai passar por lá tem que passar por tudo isso”, completou, inconformado com o que viu.

Os criminosos pertencem a uma quadrilha conhecida como Manos, gangue atuante na região metropolitana, que já atingiu a maturidade de uma verdadeira facção criminosa, inspirada no Primeiro Comando da Capital (PCC), com aproximadamente 450 integrantes, segundo apurou a investigação.

“A investigação é consequência de uma investigação anterior que tivemos no Presídio Central de Porto Alegre, com apreensão de drogas”, explicou o promotor, dizendo ainda que alguns dos presos foram transferidos da cidade com a desocupação parcial do presídio. Nesta segunda-feira, dez homens foram detidos, sendo que cinco já cumpriam pena na Pasc e outros cinco estavam em liberdade.

“Me chama atenção a naturalidade com que eles ordenam mortes, com que traficam armas, com que tentam 'tomar de assalto' o morro Santa Marta, em São Leopoldo. É impressionante. As ordens de execuções, frias e tranquilas, são em um nível assustador”, afirmou Herbstrith.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)